Porsche reforça compromisso com Fórmula E e WEC, mas se diz “ainda interessada” na F1

Ainda que os planos para entrar na Fórmula 1 tenham naufragado, a Porsche ainda permanece interessada na maior categoria do esporte a motor. De acordo com o diretor de automobilismo, o Mundial ainda é um "ambiente atraente"

Em 2022, a Porsche esteve muito próxima de firmar uma parceria com a Red Bull para estar no grid da Fórmula 1 a partir de 2026, quando o novo regulamento técnico entra em vigor na categoria. No entanto, após as negociações não terem dado certo com a empresa de bebidas energéticas, a marca alemã anunciou que havia desistido do plano, mas que a F1 “continuava sendo um ambiente atraente para a empresa”.

Apesar da Audi — que também faz parte do Grupo Volkswagen — já ter confirmado a participação na F1 2026, Michael Dreiser, diretor de esporte a motor da Porsche, não acredita que isso interfira nos projetos futuros de sua empresa. “O automobilismo estará sempre no centro da identidade da nossa marca”, disse ele ao site Blackbook Motorsport. “A Fórmula 1 continua sendo uma categoria interessante para nós.”

Relacionadas


Apesar de admitir os planos de ingressar na categoria máxima do esporte a motor um dia, Dreiser não esconde que o principal foco da Porsche é ser competitiva e vencedora nos campeonatos em que a marca já está presente, como o WEC e a Fórmula E.

“Nos próximos anos, estamos nos concentrando nos atuais programas de fábrica com o Porsche 963 no WEC e na série IMSA, bem como na Fórmula E com o Porsche 99X Electric. Queremos lutar por vitórias gerais. Essa é a nossa tradição e o nosso foco principal, e não comentamos especulações além disso”, acrescentou o diretor da marca alemã.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Porsche fez a festa e mostrou que está muito viva na Fórmula E (Foto: Porsche)

A Audi, por sua vez, reafirmou o total compromisso com a F1 e a Sauber para o novo regulamento. Após rumores na última temporada indicarem que a empresa estaria desistindo de seus planos de entrar na categoria, o atual CEO Gernot Dollner, que assumiu a função em setembro do ano passado, afirmou que “o plano está em vigor” e responsabilizou a falta de comunicação na estrutura empresarial de seu antecessor Markus Duesmann pela lentidão na tomada de decisões.

Nas próximas duas temporadas, antes de passar o controle totalmente para as mãos da Audi, a Sauber estará presente no grid como ‘Stake F1 Team’. Alessandro Alunni Bravi, representante da equipe suíça desde a saída de Frédéric Vasseur para a Ferrari em 2023, comentou sobre o processo pelo qual o time está passando.

“A razão pela qual existe falta de comunicação é simples. Temos certas limitações na comunicação sobre a equipe, sobre o futuro, sobre o envolvimento da Audi. Não queremos falar sobre nada que não esteja estritamente relacionado à corrida e ao campeonato”, disse o italiano.

A Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.