Preocupada com peso, Mercedes homologa novo chassi para GP da Alemanha

Por ter uma distância entre eixos das maiores, a Mercedes tem um carro dos mais pesados no grid de 2019. Ou tinha: já no GP da Alemanha, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas vão pilotar uma versão atualizada do W10

A Mercedes domina a temporada 2019 da Fórmula 1, mas isso não é motivo para parar de buscar evolução no carro. A equipe alemã preparou um novo chassi do W10, que já inclusive passou testes de impacto e está de prontidão para o GP da Alemanha. O motivo principal está claro: reduzir o peso do bólido.
 
É que a Mercedes tem uma das maiores distâncias entre eixos do grid da F1. Isso, apesar de aparentemente ajudar o carro alemão a ser imbatível nas curvas, significa maior dimensão – e, por tabela, maior peso.
A Mercedes vem com um carro diferente na Alemanha (Foto: Mercedes)

Como a Mercedes tem outras áreas do desenvolvimento do carro sob controle, o foco em um ponto fraco fica facilitado. É uma grande diferença em relação ao visto na Ferrari, que precisa de abordagem distinta. Ainda sem saber como maximizar a performance do SF90, a equipe de Maranello tenta achar um meio-termo entre potência e dirigibilidade. Isso enquanto a Red Bull se acerta com a Honda, também ganhando terreno.

 
No campeonato, a vida da Mercedes é tranquila. A equipe soma 407 pontos no Mundial de Construtores, enquanto a Ferrari fica em segundo com 247. No Mundial de Pilotos, a situação fica favorável para Lewis Hamilton – com 223, o britânico está 39 pontos adiante em relação a Valtteri Bottas.
 
O GP da Alemanha é já neste fim de semana, com a corrida no dia 28. Hockenheim é palco da prova.

 

Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube