Prestes a completar 18 anos, Verstappen deixa de lado carteira de motorista: “Estou sem tempo para fazer as aulas”

Max Verstappen já impressiona com a habilidade e arrojo no Mundial de F1, mas ainda não pode dirigir carros de passeio pelas ruas da Holanda. Isso vai poder mudar em alguns dias, quando ele completa 18 anos e passa a poder fazer a prova prática para ter licença de direção. O tempo, no entanto, está curto

Max Verstappen está a apenas alguns dias de completar 18 anos de idade e de poder tirar a licença para dirigir pelas ruas da Holanda. Impressionando na F1, a idade ainda não o permite guiar carros de passeio quando estiver fora dos autódromos. Dessa forma, a maior experiência que tem nas ruas é o GP de Mônaco. Mas a licença está em vias de chegar, assim que ele conseguir parar na Europa e fazer as provas.
 
Verstappen contou que apesar do aniversário na próxima quarta-feira, o pouco tempo nas próximas semanas que vai passar em casa vai acabar atrasando um pouco os trâmites, mas vai ser bom conseguir a carteira de motorista. Assim, param de perguntar de uma vez.
 
"Estou sem tempo para fazer as aulas, preciso achar um espaço para fazer. Especialmente agora, que tem muitas corridas longe de casa, será um pouco difícil. Para mim vai ser bom, porque completando 18 anos, a gente vê como um grande passo poder tirar a carteira de motorista e vão parar de perguntar sobre isso", disse.
Max Verstappen durante a segunda sessão de treinos livres em Suzuka, no Japão (Foto: AP)
"Ainda tenho que ter aulas, mas só preciso de quatro ou seis. Preciso encontrar um instrutor e espero que ele me reconheça, porque do contrário pode ser um pouco complicado. Posso perguntar se ele quer ir ao GP da Bélgica do ano que vem. Quem sabe ajuda?!", brincou.
 
Perguntado sobre se vai precisar também dos testes teóricos, Max diz que esses já tomou – e não gastou muito tempo estudando para fazer uma prova quase perfeita.
 
"Esse eu fiz antes da temporada, em fevereiro, errando só três questões. Estudei pela noite e fui fazer no dia seguinte. Minha mãe falou que eu não podia fazer a prova teórica, mas eu fui na manhã seguinte e em seguida fui treinar", contou.
 
E a possibilidade de ser reprovado?
 
"Espero que não seja o caso, mas nunca se sabe. Se eu for rápido demais ou não trocar as luzes do farol e usar as duas…", é, pode acontecer.
 
O GP do Japão acontece neste domingo, 27 de setembro, e o GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube