F1

Prestigiado por adversários de peso, Leclerc rouba atenção como piloto mais jovem da Ferrari em 60 anos

Em grande forma desde que chegou aos monopostos, Charles Leclerc só cresceu com o tempo e, depois de um belo ano de estreia na Sauber, alcançou a titularidade na Ferrari
Grande Prêmio / Editorial, de São Paulo
Ele é um dos nomes que mais vem dando o que falar antes da temporada 2019. Charles Leclerc, de apenas 21 anos, é o novo piloto da Ferrari. Conheça melhor o jovem formado na Academia da escuderia italiana.  
 
Vice-campeão em sua estreia nos monopostos após somar vários títulos no kart, Leclerc foi para a F3 Europeia em 2015, conquistando resultados interessantes que o conduziram até a equipe ART, dando continuidade a sua ascensão somando bons resultados. Posteriormente, se juntou à Prema na tentativa de chegar à Fórmula 1, objetivo que cumpriu, fazendo com que as atenções se centrassem ainda mais em si.
 
Salto para a Sauber
 
Era uma questão de tempo até Charles Leclerc começar a competir na Fórmula 1, oportunidade que surgiu em 2018, após fechar com a Sauber. Na sua primeira prova, disputada em 25 de março, na Austrália, Leclerc foi 13º. Os primeiros pontos - oito - foram conquistados em 29 de abril, em Baku, graças a um honroso sexto lugar que corresponderia ao melhor desempenho na temporada. Leclerc ainda pontuou na Espanha, França, Áustria, Singapura, Rússia, México, Brasil e Abu Dhabi, sendo que, nessas últimas três provas, foi sempre sétimo. O saldo final foi bem positivo para um jovem piloto em ano de estreia, com Charles terminando na 13ª colocação da geral e um total de 39 pontos.
Charles Leclerc é um dos nomes da nova F1 (Foto: Pexels)
O bom rendimento com as condições proporcionadas pela Sauber levaram a Ferrari a apostar em Leclerc para o time principal já em 2019. E o jovem já se encontra em pré-temporada, preparando-se para a abertura que está marcada para 17 de março, no Circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália. O monegasco é o piloto mais novo da Ferrari em 60 anos e, em 25 de fevereiro, a vitória da esquadra italiana no campeonato está avaliada em 2.70 em https://www.betfair.com/br.
 
Elogiado por Alonso e Hamilton
 
Agora fora da Fórmula 1, Fernando Alonso continua acompanhando de perto e, em entrevista ao jornal italiano 'Corriere della Sera', rasgou elogios ao jovem. Para o bicampeão, o piloto que substitui Kimi Räikkönen é "um jovem inteligente e talentoso", indo mais longe e depositando em Leclerc esperanças de que ele vai interromper o ciclo de títulos da Mercedes. O britânico Lewis Hamiltom também não poupou elogios e, na linha do que Alonso falou, elogiou o talento de Leclerc, mas afastou o monegasco da briga pelo título: "Seria injusto colocar essa expectativa em seus ombros. É seu segundo ano, é jovem e vai cometer erros". 
 
Max Verstappen, que bateu Leclerc em 2013 e foi adversário direto em vários anos de kart, também elogiou as virtudes do antigo rival, incluindo o monegasco, sim, na briga pelo título por se tratar de um piloto "rápido e inteligente", afirmando ainda que "será mais rápido que Räikkönen".