Promotor desconversa sobre CPI e descarta saída de São Paulo do calendário

Alan Adler falou ao GRANDE PRÊMIO sobre futuro da Fórmula 1 no Brasil, tentativa de CPI sobre contrato e liberação do público para GP de São Paulo de 2021

Lewis Hamilton e a bandeira do Brasil (Vídeo: Reprodução/F1 TV)

Após voltar a receber a Fórmula 1 depois de intervalo em 2020, o Brasil tem planos para se agarrar e firmar laços mais fortes com a categoria após o GP de São Paulo, disputado no último domingo (14). Alan Adler, novo promotor da corrida, falou sobre a expectativa de futuro e manutenção da etapa em Interlagos.

Em entrevista ao GRANDE PRÊMIO, Adler foi curto e grosso sobre chances da saída de São Paulo do calendário. “A gente não enxerga essa possibilidade”, citou o dirigente. A realização de uma corrida no Brasil viveu um imbróglio com uma frustrada tentativa do Governo Federal em levar a Fórmula 1 ao inexistente autódromo de Deodoro, no Rio de Janeiro. O plano falhou, e a categoria segue em Interlagos em contrato até 2025.

Adler também desconversou sobre a tentativa de instalação de uma CPI para investigar o contrato da Fórmula 1 com o Brasil. O vínculo chegou a ser suspenso pela justiça no início do ano. “Não foi feito nada de errado, comprovamos isso. Não tem muito em discussão”, citou Adler.

Antonio Giovinazzi foi 14º (Foto: Alfa Romeo)

Outro desafio da realização do GP de São Paulo foi a Covid-19. O evento, que reuniu público de 181 mil pessoas ao longo dos três dias, teve capacidade quase completa, com ingressos soltados pouco a pouco de acordo com as liberações do Governo de São Paulo.

“A gente conversou com as autoridades sanitárias, e a opinião é deles, sem achismos, e elas deram autorização ao evento, acreditam que seja seguro, com todos os protocolos sanitários combinados para não ter nenhum risco para o público que está presente. É um evento a céu aberto, que sempre ajuda. Mas temos que seguir o que as autoridades sanitárias determinarem, e o importante é que a cidade de São Paulo está com o índice de vacinação avançado, com uma taxa de contágio baixa e, quando você se vacina, protege a sua vida e todo mundo tem que voltar a viver”, completou.

GRANDE PRÊMIO acompanhou o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também seguiu todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL. A Fórmula 1 se mexe rápido e volta já no próximo fim de semana, em Losail, no Catar.

F1 AO VIVO: Hamilton CONQUISTA Brasil + Retratação | Paddock GP #268
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar