Räikkönen diz que desempenho foi “mais ou menos OK” e lamenta volta única com pneus supermacios

Kimi Räikkönen se colocou em terceiro na segunda sessão de treinos livres na Áustria e entende que o desempenho geral foi mais ou menos OK. O finlandês, que ficou atrás do companheiro Sebastian Vettel, apenas lamentou não ter andando o tanto que planejara com os pneus supermacios

Kimi Räikkönen liderou a parte inicial da segunda sessão de treinos livres da tarde no Red Bull Ring nesta sexta-feira (19), mas acabou fechando os trabalhos na terceira colocação, atrás do companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, o líder do dia, e de Nico Rosberg, da Mercedes. O desempenho dos ferraristas surpreendeu.

O finlandês foi bastante consistente em ritmo de corrida, especialmente com os pneus macios, a versão mais dura do fim de semana. O melhor tempo veio em cima dos pneus supermacios, com 1min09s860, 0s260 de diferença para o tetracampeão.

Kimi Räikkönen durante o segundo treino livre para o GP da Áustria (Foto: AP)

O nórdico não viu nada demais nas atividades austríacas, mas lamentou o fato de não ter conseguido andar mais com os rápidos compostos de risca vermelha. “Fizemos uma sexta-feira normal”, disse o piloto à emissora britânica ‘Sky Sports F1’.

“Tive só uma volta com o supermacio. Preferia ter feito um trecho maior, mas o pneu ficou destruído antes. Não correu conforme o planejado, mas está mais ou menos OK. Ainda com coisas para melhorar, mas não ruim. Vamos ver no domingo”, completou o finlandês, que fechou o dia à frente de Lewis Hamilton, o líder do campeonato.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube