Räikkönen diz que “largada não foi ideal” no Azerbaijão e ressalta corrida difícil após incidente com Ocon

Kimi Räikkönen terminou o GP do Azerbaijão no pódio, mas a prova azeri não foi tão fácil para o titular da Ferrari. Com um incidente ainda na largada, o finlandês reconheceu que a corrida foi difícil, e que a temperatura dos pneus também teve um papel importante na disputa

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Kimi Räikkönen não teve uma corrida ideal no Azerbaijão. Neste domingo (29), o piloto sofreu um incidente ainda na largada com Esteban Ocon, mas se beneficiou de um problema com Valtteri Bottas e um erro de Sebastian Vettel para cruzar a linha de chegada na segunda colocação.
 

Assim que a saída foi autorizada no circuito azeri, o finlandês tentava ganhar posições até ser surpreendido pelo titular da Force India. Eles acabaram se encontrando na curva 3, causando o abandono do francês e uma parada do piloto da Ferrari, que teve uma troca de bico e de pneus ultramacios para macios.
Kimi Räikkönen comemora com esposa Minttu (Foto: AFP)
Depois disso, o #7 reconheceu que sua prova não foi das melhores. “Eu estava por dentro e acho que Ocon não me viu, é muito difícil algumas vezes. Ele simplesmente virou e eu estava lá. Não foi a largada ideal para mim”, disse.
 
“Foi uma corrida difícil após isso, definitivamente não foi fácil, eu tentei voltar. Em determinado momento me senti bem, mas em outros eu sofri para manter meus pneus aquecidos o suficiente”, completou.

No final, então, o momento da virada. Com o incidente entre Daniel Ricciardo e Max Verstappen, houve a entrada do safety-car. Quando foi autorizada a relargada, Vettel tentou tomar a liderança de Valtteri Bottas, mas acabou errando. O finlandês da Mercedes ainda teve um furo no pneu e acabou caindo para o fundo do pelotão. Então, Lewis Hamilton garantiu a vitória, com Räikkönen terminando em segundo e Sergio Pérez completando o pódio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube