Räikkönen ressalta “grande diferença para a Mercedes”. Mas se diz feliz por primeira fila no grid da Austrália

Com uma grande volta no apagar das luzes do Q3, Kimi Räikkönen tirou de Sebastian Vettel um lugar na primeira fila do grid do GP da Austrália. Mas a diferença em relação ao pole, Lewis Hamilton, é um abismo: 0s664. De qualquer forma, o ‘Homem de Gelo’ se mostrou satisfeito com o resultado geral, mas pontuou: “Ainda há muito trabalho a fazer”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Em uma pista onde Lewis Hamilton é quase imbatível, terminar logo atrás do tetracampeão na classificação do GP da Austrália é considerado por Kimi Räikkönen um bom resultado para abrir a temporada 2018 da F1. A diferença para o pole-position em Melbourne, contudo, chama a atenção: 0s664, fruto de uma fabulosa volta do britânico no fim do Q3. 

 
Mas para o ‘Homem de Gelo’, um lugar na primeira fila, depois de superar por apenas 0s010 o companheiro Sebastian Vettel, é motivo para comemorar. E mostrar que o finlandês ainda tem muita lenha para queimar.
 
“Foi um trabalho bem decente. Obviamente, a diferença em tempo de volta é muito grande em relação à Mercedes”, pontuou o decano do grid da F1 atual.
Kimi Räikkönen bateu Sebastian Vettel por 0s010 na primeira classificação de 2018 (Foto: Ferrari)
“Não foi uma sessão simples com a chuva nesta manhã. O clima atrapalhou um pouco. Temos de estar muito felizes com a forma como estamos começando. Ainda há muito trabalho a fazer para melhorar as coisas, mas fiquei feliz pelo resultado de hoje”, destacou Räikkönen.
 
A última vez que Räikkönen largou na primeira fila do grid de largada foi no GP da Hungria, quando partiu lado a lado de Vettel. Durante a prova, Kimi manteve a segunda colocação e ficou só atrás do companheiro de equipe para conquistar mais um pódio na sua carreira.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Austrália, etapa de abertura da temporada 2018 da F1.
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube