Red Bull admite surpresa com bobeada da McLaren no Canadá: “Era favorita para vencer”

Lando Norris ainda ficou por mais uma volta na pista com intermediários no momento em que Max Verstappen já vinha com os pneus slicks em uma janela ideal de temperatura — decisão que foi crucial para a vitória do #1 no Canadá, na visão do chefe da Red Bull, Christian Horner

A McLaren tinha grande chance de sair do Canadá com mais uma vitória na conta na temporada 2024 da Fórmula 1, mas a demora em chamar Lando Norris aos boxes para colocar os slicks foi “crucial” para o triunfo de Max Verstappen. Essa foi a análise do chefe da Red Bull, Christian Horner, que admitiu surpresa com o ‘vacilo’ da adversária.

O lance aconteceu na volta 46, quando a pista já apresentava trilho. Pouco antes, a Alpine decidiu arriscar os slicks com Pierre Gasly e funcionou, o que ligou o alerta em todas as demais para o momento da troca de pneus.

Os taurinos chamaram Max para colocar os compostos de pista seca na volta 46, porém Norris permaneceu, tentando abrir o máximo de distância possível para fazer a parada e ainda voltar à frente. No giro seguinte, o britânico continuou na prova, porém os pneus de Verstappen começaram a responder à medida que a temperatura era atingida.

Norris entrou na 48 com uma vantagem de cerca de 20s, só que o neerlandês já vinha muito rápido na volta e conseguiu retornar à frente. Lando até tentou, mas como a saída dos boxes estava úmida, por pouco não perdeu o controle do carro.

Max Verstappen conquistou o caótico GP do Canadá (Foto: Red Bull Content Pool)

“Acredito que estávamos numa janela muito melhor à medida que o circuito secava”, começou Horner aos jornalistas após a corrida. “Conseguimos manter uma vantagem consistente, então foi tudo uma questão de fazer a transição no momento certo, porque o primeiro setor estava bastante úmido. E perde-se muita temperatura quando se sai do pit-lane”, continuou.

“Nosso timing foi bom, colocando o pneu médio. E embora Lando tenha conseguido capitalizar o suficiente para abrir 20s, nossos pneus ficavam mais aquecidos a cada volta que dávamos, e eu me surpreendi por eles não cobrirem isso depois de uma volta”, admitiu o dirigente.

“Eles o deixaram por dois giros, e isso foi crucial, pois deu a Max mais uma volta para atingir a temperatura. Quando Lando foi para o box, os pneus dele já estavam na janela, sendo capaz de arrancar 3s da no setor 1. Portanto, esse momento foi crucial”, completou Horner.

Em seguida, o chefe da Red Bull explicou que Verstappen teve mais dificuldades no começo, sobretudo no instante em que o asfalto já formava trilho em determinadas partes, mas ainda era cedo para arriscar os slicks, já que havia alerta de chuva iminente.

“No primeiro stint, a impressão era de estarmos muito competitivos, pressionando George [Russell] bastante e abrindo 7s muito rapidamente dos carros atrás. Estávamos muito bem preparados para as condições mais úmidas”, avaliou.

“Infelizmente, ficamos um pouco atrás de George quando o DRS foi liberado, o que permitiu a Lando voltar à disputa quando a pista começou a secar. A Mercedes parecia ter mais problemas, mas estávamos com dificuldades para ultrapassar, e isso deu a Lando um passe livre”, seguiu.

“Naquele momento, parecia que a McLaren era a favorita para deslanchar e vencer a corrida. Depois vieram os pit-stops e partimos para outro conjunto de intermediários. O safety-car neutralizou tudo, e conseguimos nos colocar em uma posição melhor com os ajustes que fizemos”, finalizou Horner.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.