“Rei dos reis”, Hamilton vai assinar renovação com Mercedes nesta semana, diz Jordan

A situação de Lewis Hamilton com a Mercedes para 2021 segue indefinida. Mas para o ex-dirigente Eddie Jordan, a novela não chega a fevereiro e vai ser resolvida ainda nesta semana

A novela envolvendo a renovação de Lewis Hamilton com a Mercedes para 2021 segue por alguns, mas não muitos, segundo o comentarista Eddie Jordan. O ex-dono de equipe na Fórmula 1 revelou que o novo contrato do heptacampeão deve ser assinado nesta semana.

“Eu acredito que Lewis [Hamilton] vai renovar nesta semana, não consigo ver isso se alongando até fevereiro. Até onde a Mercedes vai atrás do Lewis? Claro, a equipe pode escolher quem quiser, mas não é assim que o Toto [Wolff, chefe da equipe] opera”, disse Jordan à agência PA.

“Ele [Toto Wolff] quer estar com o cara do momento, com o ‘rei dos reis’ na Fórmula 1 e essa pessoa é Lewis Hamilton”, completou.

Lewis Hamilton não assinou nada com a Mercedes para 2021, por enquanto (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Em postagem na sua conta no Instagram na última segunda-feira (18), Hamilton retornou às redes sociais e deu algumas pistas sobre o atual momento em que negocia a renovação de contrato com a Mercedes.

“Além disso, há muito trabalho nos bastidores. Muitas peças se mexendo, mas só estou passando para que vocês saibam que estou bem, saudável e mentalmente forte agora na minha bolha. Espero que vocês sigam da forma mais otimista possível com tudo o que ainda está acontecendo”, ressaltou Lewis, que deixou uma última mensagem.

“Mantenha a cabeça erguida. Mal posso esperar para ver todos vocês novamente em breve. Mando amor e luz para você”, concluiu.

Toto Wolff ainda busca a renovação do contrato de Lewis Hamilton com a Mercedes (Foto: Mercedes)

Já Wolff garantiu também que em momento algum George Russell, piloto vinculado à Mercedes e que surpreendeu com uma atuação de gala no GP de Sakhir do ano passado, quando foi chamado para correr no lugar de Hamilton, então infectado pelo coronavírus, foi usado como forma de fazer o heptacampeão baixar sua pedida em um novo contrato.

“Nunca jogamos a carta de George Russell. Ele foi incrivelmente bem e um dia vai estar num carro de ponta, mas nossa parceria [com Hamilton] de longa data não tem nada a ver com fazer gestos ameaçadores. Sabemos que queremos correr juntos. E agora temos de negociar o contrato”, explicou Wolff.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube