F1

Renault fala em “novo começo” e apresenta carro de Ricciardo e Hülkenberg para temporada 2019 da F1

A Renault apresentou nesta terça-feira (12) suas armas para a temporada 2019 da F1. Com Daniel Ricciardo ao lado de Nico Hülkenberg, a escuderia francesa espera alçar voos mais altos neste ano
Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Renault R.S.19 (Foto: Divulgação)

Depois de Haas, Toro Rosso e Williams, chegou a vez de a Renault apresentar seu carro para a temporada 2019 da F1. Em um evento realizado na sede em Enstone, na Inglaterra, a escuderia francesa exibiu nesta terça-feira (12) o R.S.19, carro que Nico Hülkenberg e Daniel Ricciardo vão guiar neste ano no Mundial.
 
Em franca evolução desde que regressou à F1 em 2016 e quarta colocada no Mundial de Construtores do ano passado, a Renault prometeu um carro “mudado”, onde apenas o sistema de direção foi preservado em relação ao projeto de 2018. As novidades, porém, não aparecem na pintura do bólido, que conseguiu basicamente as mesmas características do ano passado, predominando o preto e amarelo.
O novo carro da Renault não é lá muito diferente do anterior (Foto: Divulgação)
Apesar da prometida mudança completa no bólido francês, a novidade mais chamativa da Renault vem mesmo do lado dos pilotos. Depois de cinco temporadas como titular da Red Bull, Ricciardo escolheu seguir por um caminho novo e arriscar uma troca de equipe, mesmo ciente do desafio que tem pela frente.
 
Dono de sete vitórias, três poles e um total de 29 pódios, o australiano chega para fazer par com Hülkenberg, que defende a Renault desde 2017. O germânico, no entanto, ainda não conseguiu nenhum top-3 nos 156 GPs que tem no currículo, sendo o recordista absoluto na F1 no inglório quesito.

Na apresentação desta terça-feira, a Renault falou em “construir com bases no sucesso de cada ano” e lembrou os avanços da equipe na classificação da F1 ao longo dos últimos anos: de nona colocada em 2016 para sexta em 2014 e top-4 na temporada passada.
 
“De novos começos a uma nova era. Aqui começa nossa temporada 2019”, escreveu a Renault nas redes sociais.

Chefe da divisão de motores da Renault, Remi Taffin falou com animação sobre o trabalho do time nos últimos meses.
 
“Nós trabalhamos duro no ERS e no motor de combustão interna. Em 2018, nós introduzimos alguns novos conceitos que provaram ter sucesso e pegamos alguns deles e trouxemos para 2019”, explicou. “O resultado é o melhor inverno que já tivemos”, resumiu.
 
O R.S.19 vai para pista na próxima segunda-feira, 18 de fevereiro, no primeiro dia dos testes coletivos de pré-temporada, em Barcelona.