F1

Ricciardo cita “corrida divertida” em Interlagos, mas admite “pequena frustração em não conseguir pódio”

Daniel Ricciardo saiu satisfeito com o que apresentou no GP do Brasil deste domingo (11). Após largar em 11º, cruzou a linha de chegada na quarta colocação, ficando a menos de 0s5 de Kimi Räikkönen. O australiano admitiu que foi um pouco frustrante não estar no top-3, mas não se arrepende de nada
Warm Up, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de Interlagos
 Daniel Ricciardo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Daniel Ricciardo saiu satisfeito com o que apresentou no GP do Brasil. Neste domingo (11), mesmo não terminando o dia no pódio, o titular da Red Bull não tem nenhum arrependimento do que fez em Interlagos.
 
O australiano foi protagonista de uma bela corrida de recuperação. Após largar do 11º posto, escalou o pelotão e cruzou a linha de chegada na quarta posição, apenas 0s376 de atraso para Kimi Räikkönen, o terceiro.
 
Mesmo fora do top-3, o piloto ressaltou a boa corrida, que encerrou a fase difícil de confiabilidade do motor. “Nós tínhamos o ritmo, mas não tenho arrependimentos. Não sinto que perdi um pódio ou que a equipe o perdeu para mim. Fizemos todo o possível, então, não estou chateado com isso”, disse.
Daniel Ricciardo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
“Estou feliz com minha corrida, com os esforços da equipe, mas ainda um pouco decepcionado em não conseguir o pódio. Alcancei o Kimi e pude ver o pódio, mas infelizmente não foi bom o suficiente. Sinto que toda vez que começamos fora da posição ou do fundo, temos um carro rápido. Então é apenas uma pequena frustração”, completou o australiano.
 
“Mas a corrida foi divertida. A Red Bull me deixou na pista no início e me permitiu atacar no final, mas não estou bravo com ninguém, apenas chateado que não conseguimos o pódio quando definitivamente tínhamos um carro rápido o suficiente”.
 
Por fim, o australiano com o maior sorriso do paddock mostrou animação para encerrar seu ciclo na Red Bull em alta. “Nós tivemos um carro surpreendentemente rápido hoje”, apontou o piloto. 
 
“Sei que éramos melhores do que quarto, mas de qualquer maneira, tenho mais uma chance em subir no pódio. Com o ritmo que tínhamos hoje realmente estou otimista para ir para Abu Dhabi. Sinto que sempre é uma pista mais forte para nós do que essa”, encerrou.