Ricciardo defende “brincadeira inocente” de australianos presos por ficarem de cueca no GP da Malásia

Daniel Ricciardo acredita que seus compatriotas simplesmente “estavam animados” quando resolveram comemorar a vitória na Malásia vestindo apenas cuecas

Do alto do pódio Daniel Ricciardo nem percebeu, mas alguns de seus torcedores estavam perdendo a linha ao comemorar a vitória australiana. Nove rapazes foram presos por ficar só de cueca durante a cerimônia. Sabendo do destino dos compatriotas, Ricciardo lamentou os rumos daquilo que considera uma “brincadeira inocente”.
 
“Agora eu estou sabendo disso, mas na hora eu não sabia. Na hora eles deviam estar achando que era uma brincadeira inocente, estavam aproveitando a celebração”, disse Ricciardo.
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
“Já fazia um tempo que eu não vencia e eles estavam animados. Nem perceberam o efeito que isso teria sobre o público local. É uma pena, mas eles estavam no clima”, seguiu.
 
País bastante conservador, a Malásia tende a levar muito a sério atitudes como as dos fãs australianos. Fica claro ao notar a declaração do chefe do circuito de Sepang, Datuk Razlan Razali, ao jornal local 'New Strait Times'.
 
"Isso mostra uma grande falta de respeito com os malaios. É um comportamento estúpido de estrangeiros que não tem senso de sensibilidade cultural e respeito. Eles merecem ser presos, investigados e processados", disse. "Envergonha seu próprio país e dá má fama aos australianos", seguiu.
PADDOCK GP #49 ANALISA SEPANG, FAZ PRÉVIA DO GP DO JAPÃO E ABERTURA DA F-E

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube