Ricciardo diz que punição foi “um fogo no rabo” para andar rápido na Rússia

Daniel Ricciardo deixa Sóchi “orgulhoso”. É que o australiano não se abalou com a punição de 5s, que virou motivação extra para simplesmente andar mais rápido e garantir o quinto lugar

Daniel Ricciardo soube fazer do limão uma limonada no GP da Rússia deste fim de semana. O australiano foi punido em 5s por desrespeitar limites de pista em Sóchi, mas transformou isso em algo positivo: de acordo com o próprio Ricciardo, foi um estalo que serviu para forçar o ritmo, não se acomodar e manter o quinto lugar.

“A responsabilidade por isso é toda minha”, disse Ricciardo sobre o incidente. “Eu travei os pneus e escapei, já pensando que provavelmente seria punido por isso. Quando o Karel [engenheiro] me contou, já era algo resolvido na minha cabeça. Pensei que o único jeito de eliminar a punição era indo mais rápido e abri vantagem sobre Leclerc atrás de mim. Olhando para trás, foi bom. Isso me deu um fogo no rabo e fui em frente. Foi legal. Fiquei orgulhoso por não deixar isso me atormentar e acho que fizemos uma boa corrida depois disso”, destacou.

Ricciardo recuperou-se de erros e pontuou novamente (Foto: Renault)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O incidente de Ricciardo aconteceu em um momento de confusão na Renault. A equipe pediu que Esteban Ocon abrisse caminho para o australiano, mas isso aconteceu na traiçoeira curva 2. O francês perdeu mais tempo do que precisava, enquanto o australiano foi surpreendido e passou pela área de escape. Por não voltar ao traçado da maneira apropriada, Daniel teve o acréscimo de 5s. Como o carro mais próximo era Leclerc, 25s atrás, deu para segurar o quinto lugar.

“Eu diria que o resultado foi bom, mas tivemos que lidar com alguns quebra-molas no caminho, literalmente. Eu arranjei a punição de 5s por escapar na curva 2 e aí precisei recuperar aquele tempo, mas conseguimos no fim das contas. Acho que éramos o quinto carro mais rápido hoje e garantimos isso [o resultado]. Eu precisei trabalhar mais, mas foi ok”, encerrou.

O quinto lugar de Ricciardo, aliado ao sétimo de Ocon, representou um dia dos melhores para a Renault. A equipe pontuou mais que rivais diretas e se aproximou da briga pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores. São 99 pontos, enquanto McLaren e Renault somam 106 e 104 respectivamente.

A vitória na Rússia ficou com Valtteri Bottas, que se tornou dominante após a punição de 10s a Lewis Hamilton. Max Verstappen foi segundo colocado, com o britânico em um inusitado terceiro posto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube