Ricciardo isenta Hamilton em incidente no Azerbaijão e diz que Vettel “muitas vezes não pensa antes de agir”

Daniel Ricciardo foi quem mais ganhou com todo as confusões que marcaram o GP do Azerbaijão e também não furtou a comentar a maior delas: o embate entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. O australiano isentou o inglês de culpa e disse que o alemão, muitas vezes, “não pensa antes de agir”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Vencedor do maluco GP do Azerbaijão neste domingo (26), Daniel Ricciardo também precisou falar sobre o maior momento da corrida azeri: a reação de Sebastian Vettel, que bateu em Lewis Hamilton propositalmente depois de entender que o inglês havia feito o 'brake-test' pouco antes da segunda relargada da corrida. Para o australiano, que dividiu a equipe Red Bull com o tetracampeão em 2014, Sebastian "às vezes não pensa antes de agir".

 
O piloto da Ferrari foi punido com uma Stop & Go de 10s por conta da manobra e, depois da prova, não poupou Hamilton, dizendo que “todo mundo viu. Não acho que ele quis causar um acidente, mas que ele fez um brake-test, fez. Eu tive prejuízo, ele teve prejuízo. Não é algo que se faça. A F1 é para adultos. Acho que vou conversar com ele e vamos resolver isso”.
 
"Provavelmente, Seb não pensa muito antes de agir. É claro que isso acontece, muitas vezes, por conta de sua paixão e vontade de vezes. Ele fica um pouco cego nessas situações", explicou o piloto.
Daniel Ricciardo passou ileso pelas confusões e ganhou em Baku (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Eu respeito muito Seb por sua coragem e amor pelo esporte, o que se transforma em uma grande paixão e, às vezes, agressão. Eu o respeito e gosto disso nele. Mas, como se viu na corrida e às vezes a gente vê nos rádios, ele simplesmente enlouquece. Provavelmente, não sei bem como dizer, mas é talvez aquela coisa do calor do momento", explicou em entrevista à BBC.

 
Por fim, Ricciardo entende que Hamilton não fez nada de errado. "Se Lewis desacelerou ou não, ele tem todo o direito de ditar o ritmo. Ele é o líder e era cedo demais para ele acelerar. Você não vai relargar na saída da curva 15. Seb provavelmente estava muito ansioso", encerrou.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube