Ricciardo lembra conflitos de Webber, mas salienta: “Não vou com isso na minha ficha”

Daniel Ricciardo reconheceu que Mark Webber teve problemas na Red Bull, mas avaliou que não pode se juntar a seu novo time baseado nas experiências de seu antecessor

Daniel Ricciardo garante que a relação difícil de Mark Webber com a Red Bull não o preocupa. O ex-piloto da Toro Rosso vai assumir a vaga do conterrâneo na próxima temporada, se tornando parceiro de Sebastian Vettel. 
 
Durante cinco anos, Webber dividiu os boxes da Red Bull com Vettel e a relação dos dois foi marcada por diversos conflitos, o principal deles no GP da Malásia deste ano, quando o germânico desobedeceu a equipe e tirou a vitória em Sepang das mãos do companheiro. 
Ricciardo avaliou que deve ser construir seu caminho na Red Bull sem lembrar passado de Webber (Foto: Getty Images)
Questionado pela revista britânica ‘Autosport’ se teria uma abordagem diferente de Webber, Ricciardo respondeu: “Definitivamente”.
 
“Não posso ir para lá baseado nas experiências dele”, defendeu. “É justo dizer que o relacionamento dele com a equipe não foi 100% claro, mas só porque nós dois somos australianos, não significa que eu vou para lá com isso na minha ficha”, continuou. 
 
“Vou para lá com uma abordagem nova e tem que ser assim”, reforçou. “Pelo meu próprio benefício, vou para lá positivamente e para fazer funcionar por mim mesmo. Isso não vai passar para mim”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube