Grosjean revela visita de Vettel no hospital após acidente: “Estava preocupado comigo”

Romain Grosjean revelou em sua biografia uma visita de Sebastian Vettel na segunda-feira após o grave acidente no Bahrein. Francês comentou que alemão o incentivou a desistir de correr em Abu Dhabi

QUEM VAI GANHAR O MUNDIAL DE CONSTRUTORES DA F1 2021: MERCEDES OU RED BULL? | GP às 10

Romain Grosjean revelou detalhes sobre uma curiosa visita que recebeu no hospital após o gravíssimo acidente que sofreu no GP do Bahrein de 2020. O tetracampeão mundial Sebastian Vettel apareceu para ver o piloto francês após a batida em Sakhir que gerou uma bola de fogo e quase custou a vida de Romain, que saiu com queimaduras nas mãos.

Na biografia ‘La Mort En Face’ (A Morte em Face, em tradução livre), escrita pela esposa de Grosjean, Marion, e lançada recentemente, o piloto recorda que Vettel apareceu no hospital na segunda-feira logo pela manhã, preocupado com seu estado de saúde.

“Na segunda-feira, 30 de novembro, eu acordei às 6 da manhã. Alguém chegou muito cedo e de forma inesperada: Sebastian Vettel. Ele estava preocupado comigo”, contou Romain.

Grosjean também relatou a proximidade que tem com Sebastian por conta de suas vidas semelhantes, já que ambos são casados e pais. O francês revelou que o alemão lhe deu um conselho para não correr o GP de Abu Dhabi, que era a prova final do contrato de Romain com a Haas, e marcaria sua despedida oficial da Fórmula 1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

ROMAIN GROSJEAN; ACIDENTE; BAHREIN; HAAS; FÓRMULA 1;
Imagem inacreditável do carro de Romain Grosjean partido ao meio e pegando fogo no guard-rail em Sakhir (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Seb é provavelmente o piloto que mais estou próximo. Ele vive a mesma vida que eu, com três crianças, e quer protegê-las o máximo possível. Quando disse que queria correr em Abu Dhabi, ele respondeu: ‘não, você vai para casa e descansa’. Expliquei a ele que era o fim da minha carreira e não queria que terminasse assim”, seguiu.

Em 29 de novembro de 2020, Grosjean perdeu o controle após toque com Daniil Kvyat e colidiu a Haas contra o guard-rail após a curva 3 do circuito de Sakhir. O carro foi partido em dois e imediatamente pegou fogo. Romain, que foi salvo de uma decapitação pelo Halo, permaneceu 28 segundos sob o fogo até sair pelas próprias forças e ser ajudado pelos fiscais de pista. O francês saiu com queimaduras graves nas mãos.

À época, Vettel era piloto da Ferrari. Hoje, compete pela Aston Martin na Fórmula 1. Romain deixou a categoria e partiu para os Estados Unidos, competindo na temporada 2021 da Indy pela Dale Coyne. Em 2022, o franco-suíço vai guiar pela Andretti.

WILLIAMS-AUDI E McLAREN-PORSCHE: É POSSÍVEL A PARTIR DE 2025-2026 NA F1?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar