Rosberg recorda rivalidade “intensa e desafiadora” com Hamilton, mas reafirma que “o respeito sempre permanece”

Nico Rosberg citou uma frase recente proferida por Lewis Hamilton para tomar as declarações como um elogio. O novo tetracampeão do mundo comparou o relacionamento com o antigo companheiro de equipe como um verdadeiro furacão preso dentro da sala. O ex-piloto recordou a relação com Hamilton, mas ressaltou que o respeito permanece desde sempre. E se mostrou aberto a ter novamente uma relação sadia com o britânico

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Recentemente, Lewis Hamilton fez menção à chegada de Valtteri Bottas à Mercedes como importante para melhorar a atmosfera dentro da equipe depois de seguidos anos de relação tensa e competitiva com Nico Rosberg. A rivalidade explodiu na temporada passada, que foi marcada pelo título do alemão, aposentado da F1 cinco dias depois de alcançar sua maior conquista no esporte. Hamilton comparou o ambiente dentro da Mercedes com Rosberg a um furacão preso dentro da sala. Nico, que logo após o título de Hamilton o parabenizou pela conqusita, tomou a fala do ex-rival como um elogio, ressaltou a relação intensa e desafiadora com Lewis, mas deixou claro que o respeito continua lá, se mostrando aberto a uma conversa franca e direta com o tetracampeão.

 
“Eu li uma frase. Essa frase é de Lewis Hamilton: ‘Quando você tem dois pilotos fortes na equipe como nós tivemos, bem, quando a batalha é dentro da equipe, é como um furacão forte e que está preso dentro da sala”, comentou Rosberg em entrevista ao site norte-americano 'Motorsport.com’ divulgada nesta terça-feira (7). “Essa é uma citação de Lewis e eu vou tomar isso como um elogio”, explicou.
 
Nico entende que seu triunfo diante de Hamilton no ano passado serviu como mola propulsora para que o britânico buscasse toda a motivação para dar a volta por cima e conquistar o título, como foi confirmado no último GP do México.
Mesmo com toda a rivalidade dos últimos anos, Rosberg reiterou seu respeito por Hamilton (Foto: Lewis Hamilton/Instagram)
“Eu venci, então posso imaginar que talvez isso não foi tão positivo para ele. Seria o mesmo se eu tivesse perdido no ano passado, não seria tão positivo assim para mim. Achei tudo isso muito bom. Nós fomos provavelmente a dupla mais bem-sucedida da história da F1 na pista”, disse.
 
“Nós estávamos pressionado um ao outro no mais alto nível. Claro, não é fácil, mas mantive a pilotagem e a motivação em alta. Para mim, foi bastante positivo”, recordou.
 
Rosberg não se cansa de exaltar Hamilton e também não esquece dos momentos de tensão vividos ao lado do britânico na Mercedes. Mas lembrou que batê-lo no ano passado está na lista das maiores glórias da sua carreira.
 
“Claramente, foi uma situação extremamente intensa e desafiadora, mas ainda mais gratificante quando você está no topo, e contra Lewis, que estava reescrevendo os livros de recordes. Chegar ao topo contra alguém como ele foi recompensador, e tudo isso se encaixou de forma a preencher completamente minha carreira porque, no fim das contas, foi simplesmente perfeito para mim”, comentou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Mas agora, longe do esporte, os tempos são outros para Rosberg. O alemão sonha em ter uma boa relação com Hamilton, que foi seu colega desde os tempos de kart, quando os dois ainda eram adolescentes. Sem “ter nada contra” o ex-rival, Nico ressaltou o respeito que tem por Lewis, o que vem desde sempre.

 
“O fato de não estarmos mais o tempo todo competindo é diferente, estou 100% fora. Isso muda muitas coisas e, portanto, não vejo o por que, com o tempo, não possamos conversar novamente de uma forma normal. Sempre tive grande respeito por ele, não tenho nada contra ele, ele simplesmente foi um concorrente e então naturalmente foi uma situação difícil, mas o respeito sempre esteve lá. Ainda o respeito como pessoa e piloto, sempre vai ser assim. Isso sempre permanece e continua desde que tínhamos 14 anos”, concluiu.
FORÇA DE VETTEL VALORIZA TÍTULO

É UM PRIVILÉGIO VER HAMILTON CHEGANDO AO TETRA NO AUGE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube