Rosberg se aproveita de acidente de Hamilton e supera Williams para ficar com pole na Alemanha. Massa é terceiro

Acidente de Lewis Hamilton no Q1 abriu caminho para Nico Rosberg apenas andar de forma protocolar para bater as Williams e conquistar pole-position do GP da Alemanha

A cobertura completa do GP da Alemanha no GRANDE PRÊMIO
As imagens do sábado da F1 em Hockenheim
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

As condições da briga pela pole-position do GP da Alemanha foram um pouco atípicas devido ao acidente de Lewis Hamilton ainda no Q1. Um problema com o disco de freio fez o carro do britânico rodar e, sem controle, bater no muro. Dessa forma, com apenas uma Mercedes na pista, o caminho ficou aberto para Nico Rosberg conseguir comandar as ações no Q3 e ficar com a pole-position após se dar melhor contra as renovadas Williams.

 
Na sequência, as Williams apertaram. Apesar de não tão perto de Rosberg, os dois carros brancos mandaram no que acontecia na sequência. 0s219 atrás do líder do campeonato, Valtteri Bottas confirmou seu lugar na primeira fila, seguido de perto por Felipe Massa.
Nico Rosberg é o pole na Alemanha (Foto: Beto Issa)
O novato Kevin Magnussen venceu uma batalha importante, ao anotar o quarto melhor tempo do Q3 quando nele seu companheiro Jenson Button nem sequer esteve. As duas Red Bull vieram atrás, com Daniel Ricciardo em quinto e Sebastian Vettel em sexto.
 
Completando o top-10, vieram Fernando Alonso, o russo Daniil Kvyat e as Force India de Nico Hülkenberg e Sergio Pérez. A batida de Hamilton o relegou para um distante 15º posto.
Confira como foi a classificação para o GP da Alemanha de F1
 
A definição do grid da F1 teve início em Hockenheim neste sábado sob um forte calor de 32 graus. Na pista, o termômetro marcou, às 14h locais, incríveis 55 graus. Coube a Jules Bianchi entrar primeiro na fornalha que se transformou o circuito alemão. E o francês já entrou calçado com os pneus vermelhos, os supermacios. Jenson Button o seguiu, mas ainda com os macios, de risca amarela.  Felipe Massa, Kevin Magnussen, Nico Hülkenberg e Esteban Gutiérrez vieram logo atrás. 
 
E foi o mesmo Button quem abriu os trabalhos. O inglês da McLaren iniciou as atividades do Q1 com 1min20s264. Mas a marca era ainda muita alta, por isso, Massa logo a superou. Na rodada seguinte, Magnussen já apareceu na ponta, com 1min19s379, seguido por Massa e Hülk.
 
Lewis Hamilton se juntou ao grupo no minuto seguinte e também foi para a ponta, com 1min18s683, ainda com os macios. Massa melhorou em seguida e entrou na casa de 1min18s. Mas viu o companheiro Valtteri Bottas pular para frente, com 1min18s215. 
 
A ordem dessa primeira parte agitada era: Bottas, Hamilton, Massa, Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo, Magnussen, Hülkenberg, Kimi Räikkönen e Romain Grosjean. Button, Sergio Pérez,  Jean-Éric Vergne, Daniil Kvyat, Bianchi e Pastor Maldonado completavam os classificados para o Q2 momentaneamente. 
 
Aí Hamilton escapou e bateu forte na barreira de pneu da curva 11. Ficou tudo bem com ele, mas o estrago no carro foi grande. Pelo rádio, Lewis disse que acreditava em uma falha dos freios — a Mercedes confirmou instantes depois que o problema foi com o disco de freio dianteiro direito. Por conta do incidente, a bandeira vermelha, com 7min21s para o fim do Q1, precisou ser acionada. Mas foi uma paralisação rápida.
A sequência de imagens do acidente de Hamilton no Q1

Lewis Hamilton depois de acertar a barreira de pneus (Foto: Getty Images)

Quando a luz verde autorizou o reinício, os dois Nico, Rosberg e Hülkenberg, foram para a pista de cara. Ambos já vieram com os supermacios. E aí o líder do campeonato não encontrou contratempos para cravar o melhor tempo: 1min17s631 — nova melhor marca do fim de semana, aliás. Hülk logo se colocou em quarto, mas caiu para quinto na sequência, com o avanço de Pérez ao quarto posto.


Só vale destacar que, durante a volta que o colocou na ponta, Rosberg deu uma bela escapadinha de pista, com as quatro rodas na curva final da pista germânica.

Daí para frente todo mundo optou por sair com os compostos vermelhos. Rosberg se manteve em primeiro, mas viu a aproximação da Red Bull: Ricciardo e Vettel vieram na sequência. Bottas, Magnussen, Massa (que saiu no último minuto de 16º para sexto), Alonso, Button, Vergne, Kvyat, Räikkönen, Hamilton, Esteban Gutiérrez (que perde três posições no grid), Grosjean, Pérez e Hülkenberg completaram os classificados para o Q2. 
 
Adrian Sutil, Bianchi, Maldonado, Kobayashi, Chilton e Ericsson ficaram de fora. O sueco da Caterham nem sequer participou da sessão devido a um problema hidráulico, que já prejudicou a equipe no TL3. 
 
Q2 vê Williams forte, Hamilton fora
 
O Q2 começou silencioso. Nico Hülkenberg e Felipe Massa foram os primeiros a sair com quase cinco minutos de sessão. E o alemão logo apareceu na frente, virando em 1min18s270, mas o brasileiro superou imediatamente ao atingir a marca de 1min17s790. 
 
Só que aí Bottas surgiu com 1min17s353 e tomou à frente, mas ficou pouco tempo por lá. Rosberg, sempre ele, veio forte e assinalou o impressionante tempo de 1min17s109. Bottas ainda permaneceu em segundo, dois décimos atrás do alemão da Mercedes. Vettel, Magnussen, Massa, Alonso, Ricciardo, Kvyat, Button e Hülkenberg fechavam os dez primeiros.
Sebastian Vettel chegou bem perto, mas segue atrás de Ricciardo (Foto: Getty Images)
Com dois minutos para o fim, enquanto o líder do campeonato permanecia nos boxes, Hülk foi para sua última tentativa de garantir vaga no Q3. E foi seguido por Räikkönen, vinha apenas em 11º. Bottas, Alonso, Button e Kvyat também saíram para tentativas finais. 
 
E ficou assim a segunda parte da classificação: Rosberg, Bottas e Massa — Williams mostrando força nessa fase do treino.  Vettel, Magunssen, Ricciardo, Alonso, Hülk, Kvyat e Pérez completaram a peneira para o Q3. Button, Vergne, Gutiérrez, que perde três posições pelo acidente com Pastor Maldonado em Silverstone, Grosjean e Hamilton foram os eliminados.  
 
Q3 tem Williams perto, de novo 
 
A fase final da classificação teve início com Nico Hülkenberg na pista. Sergio Pérez vem logo atrás e é seguido por Nico Rosberg. A Williams também não demorou a se juntar ao grupo. 
 
Só que aí Rosberg provou mesmo que a Mercedes anda em um estágio diferente. Usando os poderosos pneus vermelhos, o alemão cravou 1min16s540, de novo assinalando a melhor marca do fim de semana. Além disso, ainda foi o primeiro a entrar na casa de 1min16s. 
 
Bottas novamente colocou a Williams em segundo, pouco mais de meio segundo atrás do líder do campeonato. Massa se colocou em terceiro, a menos de 0s3 do colega de equipe. ùltimo a deixar os boxes, Vettel já veio em quarto, à frente de Magnussen, Ricciardo, Alonso, Kvyat, Hülk e Pérez.
 
A rodada final de voltas rápidas em Hockenheim viu um rápido Bottas em uma volta quase perfeita. O finlandês da Williams ainda conseguiu 1min16s759 e vai dividir a primeira fila com Nico Rosberg, que não conseguiu melhorar sua marca. É a quinta vez que o piloto da Mercedes sai da pole neste ano. A terceira colocação ainda ficou com Massa, que comprovou a força da Williams em Hockenheim.
Valtteria Bottas sai da primeira fila (Foto: Beto Issa)
No fim das contas, Rosberg e Bottas formam a primeira fila; Massa e Magnussen largam na segunda. Daniel Ricciardo, Sebastian Vettel, Fernando Alonso, Daniil Kvyat, Nico Hülkenberg e Sergio Pérez seguem, nessa forma. O GP da Alemanha começa no domingo, às 9h (de Brasília).

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o GP da Alemanha, décima etapa do Mundial de F1, com a repórter Evelyn Guimarães. Para acompanhar todo o noticiário, clique aqui.



Quer ter o prazer de guiar uma Ferrari e assistir ao GP da Itália em Monza?

Clique e saiba dos detalhes do pacote GRANDE PRÊMIO pelo e-mail

F1, GP da Alemanha, Hockenheim, grid de largada:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES   1:16.540   17
2 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES   1:16.759 +0.219 15
3 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES   1:17.078 +0.538 21
4 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN McLAREN MERCEDES   1:17.214 +0.674 17
5 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT   1:17.273 +0.733 19
6 1 SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT   1:17.577 +1.037 16
7 14 FERNANDO ALONSO ESP FERRARI   1:17.649 +1.109 19
8 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT   1:17.965 +1.425 22
9 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES   1:18.014 +1.474 21
10 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES   1:18.035 +1.495 21
11 22 JENSON BUTTON ING McLAREN MERCEDES   1:18.193 +1.653 15
12 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI   1:18.273 +1.733 13
13 25 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TORO ROSSO RENAULT   1:18.285 +1.745 14
14 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS RENAULT   1:18.983 +2.443 14
15 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES       5
16 99 ADRIAN SUTIL ALE SAUBER FERRARI   1:19.142 +2.602 8
17 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX SAUBER FERRARI P +3 1:18.787 +2.247 14
18 17 JULES BIANCHI FRA MARUSSIA FERRARI   1:19.676 +3.136 8
19 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS RENAULT   1:20.195 +3.655 7
20 10 KAMUI KOBAYASHI JAP CATERHAM RENAULT   1:20.408 +3.868 7
21 4 MAX CHILTON ING MARUSSIA FERRARI   1:20.489 +3.949 9
22 9 MARCUS ERICSSON SUE CATERHAM RENAULT       0
    TEMPO 107% Q1     1:23.065 +6.525  
                 
RECORDE MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI F2004   1:13.306 25/07/2004  
MELHOR VOLTA KIMI RÄIKKÖNEN FIN McLAREN MP4-19B   1:24.125 25/07/2004  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar