Brawn rasga elogios e diz que Tsunoda “é o melhor estreante da Fórmula 1 em anos”

Recém-promovido à Fórmula 1, Yuki Tsunoda estreou na categoria máxima do automobilismo com uma sólida nona colocação no GP do Bahrein. O japonês recebeu diversos elogios do diretor-esportivo da categoria, Ross Brawn

Hamilton vence na estratégia e pega Verstappen: assista como foi o GP do Bahrein (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Primeiro piloto nascido neste milênio a competir na categoria, o japonês Yuki Tsunoda estreou na Fórmula 1 arrancando diversos elogios. Um desses admiradores é Ross Brawn, diretor-esportivo da F1, que ficou bastante empolgado com o piloto da AlphaTauri após o nono lugar no GP do Bahrein.

“Estou realmente impressionado com o Yuki Tsunoda”, disse Brawn em sua coluna no site oficial da Fórmula 1. “Eu o conheci no final de semana e ele realmente é um personagem impressionante. Ele é bastante divertido e a linguagem dele no carro pode ser um pouco delicada. Ele mostrou alguns lampejos brilhantes na corrida, o que é bastante encorajador, levando em conta que era sua estreia na Fórmula 1”, afirmou.

“Ele é o melhor estreante que a Fórmula 1 teve em anos, teve resultados espetaculares em todas as categorias que competiu. Então, sua promoção pela Red Bull parece ser uma jogada genial”, seguiu o dirigente.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ross Brawn elogiou muito a performance do novato Yuki Tsunoda (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Brawn aproveitou também para relembrar em sua coluna o grande amor que o povo japonês tem pela categoria e como a ascensão de Tsunoda pode ajudar a Fórmula 1 a se popularizar ainda mais no país asiático.

“Certamente nos lembramos dos dias de glória de arquibancadas em Suzuka e da paixão dos fãs japoneses. Eu creio que teremos isso novamente, e é extremamente animador”, afirmou o dirigente.

O estreante foi o único a pontuar pela AlphaTauri, visto que, Pierre Gasly enfrentou problemas desde o início da corrida no Bahrein. O francês quebrou a asa dianteira ainda nas primeiras voltas, perdeu muita performance em razão dos danos no carro e encerrou de vez sua jornada quando restavam poucas voltas para o fim.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar