Russell comemora “passo à frente” e chance de disputar posições após 16° na Hungria

George Russell foi 16° no GP da Hungria deste domingo (4) - o que não parece algo incrível, até que se percebe que isso significou a Williams à frente de dois rivais de outras equipes. Então o britânico comemorou, sim

George Russell conseguiu o 16° posto no grid de largada para o GP da Hungria deste domingo (4). Saiu em 15°, por punição a Antonio Giovinazzi, mas terminou, de fato, na posição original. Um desavisado pode pensar que isso não vale notícia – mas quando se trata da Williams em 2019 não só é uma história a ser contada, como também comemorada.

E por isso o jovem piloto celebrou, sim, a posição: o fato de que terminou à frente de dois rivais de outras equipes e, também, a ooportunidade – rara até aqui no ano – de brigar por posição com outros pilotos.

George Russell (Foto: Williams)
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"O sábado foi de expectativas superadas, então hoje teve um pouco de volta à realidade, sim", disse. "Tive uma boa volta inicial e ganhei duas posições, a de [Kevin] Magnussen e a de [Daniil] Kvyat, nas curvas 4 e 5, o que foi bem divertido."

"Foi legal poder competir com outros pilotos. Ainda temos trabalho a fazer, mas tivemos muita coisa positiva para levar deste final de semana. Demos um bo mpasso à frente", completou o britânico.

Se foi 16°, isso significou que Lance Stroll e Antonio Giovinazzi não conseguiram passar o carro da Williams. Romain Grosjean abandonou, enquanto Robert Kubica foi o último entre os que receberam a bandeirada.

ASSISTA AO PRANCHETA GP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube