Russell detalha problemas nos freios da Williams: “Não tenho confiança”

George Russell detalhou que os problemas nos freios da Williams causam a falta de confiança na hora de atacar as curvas. Jovem inglês citou que problema consegue passar despercebido em voltas únicas, mas acaba escancarado em stints longos

Os freios são um dos diversos problemas que a Williams apresenta em 2019, segundo George Russell. O piloto chamou atenção no treino classificatório no Japão por ficar apenas alguns décimos atrás de Sergio Pérez, da Racing Point, mas o desempenho na corrida foi novamente decepcionante, com o 18º lugar, duas voltas atrás do vencedor Valtteri Bottas.
 
Único piloto da temporada atual que ainda não somou pontos, o jovem inglês detalhou a falta de confiança nos freios para poder atacar as curvas, e como isso afeta o seu desempenho. O #63 também falou sobre a necessidade de analisar os dados disponíveis para entender o que acontece.
 
"Tivemos problemas nos freios em várias corridas até aqui. É particularmente ruim nas corridas. Você freia a cada curva e não tem confiança alguma para atacar, isso compromete o meu ritmo. É apenas consistência. Algumas voltas são boas e outras não são. Precisamos olhar os dados e entender o motivo", disse em entrevista ao site da Fórmula 1.
George Russell (Foto: Williams)
Russell também explicou que os problemas nos freios ficam mais evidentes em stints longos. Quando ele participa do treino classificatório e anota uma volta rápida, a deficiência consegue ser escondida, mas acaba escancarada em seguida.
 
"Quando você tem uma volta, meio que consegue fazer diferença, mas quando tem um stint longo, meio que se iguala. Com problemas assim, obviamente prefiro fazer 60 voltas seguidas do que uma. Com volta única, você pode ir para o muro e esperar o melhor”, completou.
 
O próximo desafio de Russell com a Williams será no GP do México, que acontece no próximo dia 27, no Autódromo Hermanos Rodríguez. A Williams é a última colocada entre os construtores, com apenas 1 ponto somado por Robert Kubica.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube