Sainz destaca “milagre” para fugir de rodada de Albon. E Norris lamenta Ímola díficil de passar

Carlos Sainz e Lando Norris saíram do GP da Emília-Romanha com opiniões diferentes. O espanhol gostou do resultado, mas o britânico não ficou tão feliz com o oitavo lugar

A McLaren conseguiu pontuar com os dois pilotos em Ímola, no GP da Emília-Romanha. Carlos Sainz ficou em sétimo e Lando Norris terminou logo atrás, no oitavo lugar. Após a corrida, a dupla analisou a situações vividas na pista ao longo das 62 voltas.

Depois de largar em décimo, Sainz terminou a corrida em Ímola em sétimo, superando Norris logo na largada. E ficou satisfeito com o resultado, ainda mais por quase abandonar nas voltas finais, quando desviou do carro de Alexander Albon por pouco.

“Me livrei por um milagre. Tive que reagir muito rápido, nunca espera ver alguém rodando justo na sua frente. Por isso, esse sétimo tem bom sabor. Se eu demorasse um pouco, batia nele [Albon]”, afirmou o espanhol.

“Hoje estou satisfeito, tivemos bom ritmo durante toda a corrida. Fiquei mais tranquilo com o carro e consegui ultrapassar o Lando [Norris]. No fim, coloquei os pneus médios e tinha mais ritmo que os carros da frente, como Kvyat, mas não vantagem para ultrapassar”, completou.

Lando Norris reclamou da falta de ultrapassagens em Ímola (Foto: McLaren)

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Norris terminou atrás do companheiro de equipe, na oitava colocação. O piloto da McLaren lamentou as dificuldades para ultrapassar em Ímola, mesmo com pneus novos contra rivais usando compostos gastos.

“Era muito difícil para ultrapassar. Pérez não conseguia nem passar o Leclerc com pneus bem usados e estávamos com os compostos macios. Depois de Portimão, é uma enorme diferença na corrida e na ultrapassagem. Apenas não tínhamos ritmo para conseguir algo melhor”, disse o britânico.

“Mesmo se você fosse três ou quatro décimos mais rápidos, seria difícil ultrapassar se o carro da frente defendesse na primeira curva. A pista é muito complicada”, finalizou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube