Vettel culpa equilíbrio, mas diz que prêmio por esforço da Aston Martin “ainda virá”

Sebastian Vettel ficou apenas em 16º na classificação deste sábado (16), em Barcelona, e explicou que foi difícil manter a velocidade nas curvas com o carro da Aston Martin saindo muito de traseira

Depois de um fim de semana que começou cercado de expectativas pelo pacote de atualizações à la Red Bull, a Aston Martin parou no Q1 da classificação deste sábado (21) para o GP da Espanha. Sebastian Vettel ainda chegou perto de passar para a segunda parte, mas terminou apenas em 16º. Após a sessão, reclamou que o AMR22 estava saindo muito de traseira, o que acabou atrapalhando o seu desempenho.

Ainda na pista, quando foi informado da posição, Vettel soltou um “você só pode estar brincando comigo” ao engenheiro, incrédulo por ter caído na primeira parte, ainda mais após a aparente melhora da Aston Martin nos treinos de sexta-feira.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sebastian Vettel não acreditou por ter caído ainda no Q1 da classificação para o GP da Espanha (Foto: Aston Martin)

“Parecíamos mais fortes nos treinos livres, e honestamente pensei que seria melhor na classificação”, disse o tetracampeão. “Esta tarde, no entanto, lutei com o equilíbrio: o carro saía muito de traseira, então não conseguia ser veloz nas curvas sem perder a traseira”, explicou.

Mesmo decepcionado, Vettel fez questão de destacar o empenho do time inglês para o fim de semana em Barcelona — ainda que as atualizações levadas para a corrida espanhola tenham causado frenesi por conta da similaridade com o RB18 da Red Bull.

“A equipe fez um trabalho incrível de trazer dois carros totalmente novos para esta corrida. Foi um grande esforço. A recompensa por esse esforço ainda não veio, mas tenho certeza de que virá”, salientou.

Para a corrida, o alemão reconheceu que não será fácil brigar por eventuais pontos, mas mantém a confiança num resultado melhor que o de sábado. “Amanhã é um novo dia e vamos nos esforçar muito. Largar mais atrás não ajuda, mas acho que podemos ser capazes de recuperar algum terreno na corrida”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco as ações da categoria no Circuito de Barcelona-Catalunha com Eric Calduch e, além disso, acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. No domingo, a largada está marcada para as 10h [Brasília, GMT-3].

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar