Sem guiar na chuva, Hamilton fala em equilíbrio maior em classificação na Hungria

Lewis Hamilton foi o mais rápido no primeiro treino livre na Hungria com pista seca e acredita que o fim de semana tende a ser mais equilibrado, especialmente se a classificação for disputada com chuva

No primeiro treino livre do GP da Hungria de Fórmula 1, nesta sexta-feira (17), Lewis Hamilton foi o mais rápido mesmo usando os pneus duros, liderando a dobradinha da Mercedes. Na segunda sessão, sob muita chuva, o inglês até deixou os boxes, mas optou por não dar uma volta rápida.

A mudança no clima também causou uma confusão na cabeça do hexacampeão mundial de Fórmula 1. Segundo Hamilton, é difícil fazer uma leitura da força de cada equipe após os primeiros treinos.

“Todo mundo está tentando algo novo, um acerto diferente para asas, combustível e motor. Nós fizemos o que precisávamos e foi ok. Acho que será mais equilibrado no TL3 e na classificação”, afirmou o piloto da Mercedes.

Lewis Hamilton não marcou tempo no TL2 (Foto: “Mercedes”)

“Choveu no treino da tarde, então não saberemos [os acertos] até a próxima sessão com pista seca”, acrescentou.

A previsão do tempo, no entanto, aponta chuva para sábado e domingo em Budapeste. No último final de semana, na Áustria, Hamilton deu um show na classificação para o GP da Estíria e foi 1s2 mais rápido que Max Verstappen, o mais próximo no grid.

“Foi ótimo pilotar na chuva na Áustria. Aqui é um pouco diferente, com mais aerodinâmica, mas a pista parece mais escorregadia. Se for uma classificação molhada, não será como semana passada. Enfim, quem sabe? Talvez eu faça um trabalho decente novamente, vamos ver”, finalizou o vice-líder do campeonato.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Hungria de Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube