Pérez admite que “não estava esperando” ultrapassagem de Leclerc em Las Vegas

Sergio Pérez destacou o ritmo que teve para voltar ao pelotão da frente, a ajuda que teve com o safety-car provocado por Max Verstappen e George Russell e admitiu que não estava esperando que Charles Leclerc fosse tentar a ultrapassagem na última volta do GP de Las Vegas

Sergio Pérez foi um dos maiores beneficiados pelo safety-car provocado pelos detritos deixados no toque entre George Russell e Max Verstappen no GP de Las Vegas. Neste domingo (19), o mexicano, que parecia longe da briga por estar fora da janela de paradas, ganhou a chance de ouro, foi aos boxes com o carro de segurança e voltou em segundo, com pneus bem mais novos que o do então líder, Charles Leclerc. Mas terminou a prova vencida por Verstappen em terceiro.

Para Pérez, o saldo foi positivo, afinal, o mexicano não foi ao Q3 na classificação e caiu para o fundo do pelotão após quebrar a asa dianteira em enrosco coletivo causado por Fernando Alonso na largada. O piloto da Red Bull destacou o ritmo encontrado depois do primeiro safety-car, que juntou o grupo, causado por Lando Norris.

“O começo foi bem difícil, tive muitos danos, a asa dianteira quebrada, fui parar no fundo do pelotão. Um por um, fomos pegando os carros da frente e tudo correu bem. Fiz um primeiro stint muito forte, voltei para a briga ali. O safety-car me fez voltar para a corrida, eu passei Charles, mas não consegui abrir”, disse.

Só que Checo admitiu que não estava pronto para um duelo final com Leclerc. O mexicano achava que a vantagem era confortável para o piloto da Ferrari, mesmo sofrendo com velocidade de reta na corrida urbana de Nevada.

Sergio Pérez foi ao pódio, mas parecia com a vitória nas mãos em Las Vegas (Foto: Red Bull Content Pool)

“Estava sem muita velocidade de reta pela quantidade de asa no carro. O Max passou nós dois, o vento me atrapalhou também. Acabei travando bastante os pneus, felizmente consegui seguir na pista. No fim, não estava esperando que Charles chegasse. Ele estava 0s7 atrás, mas apareceu na zona de frenagem. Bom trabalho dele e do Max”, completou.

O terceiro lugar foi mais do que suficiente para que Pérez garantisse o vice-campeonato do Mundial de Pilotos da F1 2023. O mexicano foi aos 273 pontos, 41 a mais que Lewis Hamilton, que viveu jornada complicada.

Fórmula 1 retorna na semana que vem, entre os dias 24 e 26 de novembro, com o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, 22ª e última etapa da temporada 2023. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.