Pérez cita falta de ação e diz “não se divertir” em corridas sprint: “Feitas para os fãs”

Temporada 2021 da Fórmula 1 marcou a estreia das corridas sprint na categoria, em três etapas: Inglaterra, Itália e Brasil. Sergio Pérez, da Red Bull, diz não gostar muito do modelo

VERSTAPPEN JOGOU CARRO SOBRE HAMILTON EM SP E MERECE PUNIÇÃO?

Na última corrida sprint da temporada 2021, disputada no Brasil, Sergio Pérez não conseguiu obter um resultado que somasse pontos à Red Bull. Largando na terceira posição — que lhe daria 1 ponto extra antes da corrida —, o mexicano foi ultrapassado logo no início pela Ferrari de Carlos Sainz e não conseguiu recuperar o posto, ficando com a quarta posição, onde largou e terminou no domingo (14). Com a previsão de mais corridas sprint para 2022, Pérez afirmou não ser um grande fã do modelo.

“Eu não acho que elas [as corridas sprint] sejam muito divertidas”, opinou em entrevista ao portal norte-americano Motorsport. “Acho que são feitas principalmente para os fãs, então, se eles gostam, tudo bem. Mas eu, particularmente, não gosto. Simplesmente sinto que não há muita ação”, explicou Pérez.

Com os times muito mais preocupados com a corrida principal, um dia depois, é natural que os pilotos tenham uma cautela maior durante a corrida sprint, já que qualquer quebra ou abandono significa largar do fundo do grid no momento que mais importa. Por outro lado, apenas os três primeiros pontuam: 3 pontos para o vencedor, 2 para o segundo e 1 para o terceiro colocado.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sergio Pérez foi ultrapassado na corrida sprint por Carlos Sainz (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Não tem muitas ultrapassagens e não muda muito as coisas indo para a corrida de domingo, que é a principal”, ressaltou o mexicano. “Você não pode correr muitos riscos porque pode ser pesadamente afetado por tentar ultrapassar. Não é que nem na corrida normal. Você dificilmente ganha alguma coisa, mas pode perder muito”, acredita.

Por outro lado, Lewis Hamilton teve uma atuação na corrida sprint de Interlagos que vai exatamente na contramão do que disse Pérez. O britânico largou em 20º, no fundo do pelotão, e conseguiu fazer 15 ultrapassagens em 24 voltas para fechar no quinto lugar, o que lhe possibilitou largar em décimo na corrida — já que havia sofrido uma punição de 5 posições por trocar o motor de combustão interna — e vencer.

“Eu fiquei bem surpreso em ver o progresso que ele [Hamilton] fez, teve um tremendo desempenho”, elogiou Pérez. “Lewis tem uma velocidade de reta absurda. Eu vi algumas das ultrapassagens que ele fez, como em Lando [Norris], e é impressionante ver o quão atrás ele estava [para fazer a ultrapassagem]”, encerrou o piloto.

A Fórmula 1 volta a acelerar já no próximo final de semana, entre os dias 19 e 21 de novembro, com a estreia do GP do Catar, no circuito de Losail, no calendário da categoria.

Todos os ângulos da polêmica disputa entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no Brasil (Vídeo: Fórmula 1)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar