Pérez lidera TL2 nos EUA e Verstappen se estranha de novo com Hamilton na Fórmula 1

Sergio Pérez foi o mais rápido do treino livre 2 do GP dos Estados Unidos, mas o principal ponto da sessão foi o novo embate entre Max Verstappen e Lewis Hamilton na Fórmula 1

Verstappen se irritou com Hamilton, xingou e apontou dedo do meio em Austin (Vídeo: F1TV)

Max Verstappen voltou a se estranhar com Lewis Hamilton nesta temporada efervescente da Fórmula 1 em 2021. Durante o treino livre 2 do GP dos Estados Unidos, na tarde desta sexta-feira (22), os dois chegaram a andar lado a lado por boa parte de uma volta no Circuito das Américas, como se fosse uma verdadeira corrida. Depois de ter tirado o pé na saída da curva 1, o holandês xingou o rival e apontou o dedo do meio para Lewis. Este foi o grande fato da sessão que teve Sergio Pérez, também da Red Bull, como o mais rápido.

‘Checo’ cravou 1min34s946 e comandou a tabela de tempos da sessão. A volta mais rápida, na verdade, foi registrada por Hamilton, 1min34s842, mas o piloto da Mercedes excedeu os limites de pista e teve sua marca deletada. Lewis concluiu a sessão em terceiro, atrás de Pérez e também da McLaren de Lando Norris.

CONFIRA
+Verstappen manda Hamilton para aquele lugar!!! F1 começa quente nos EUA!

SERGIO PÉREZ; GP DOS EUA; AUSTIN; TREINOS LIVRES;
Sergio Pérez liderou o treino livre 2 do GP dos EUA (Foto: Chris Graythen/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Valtteri Bottas, dono do melhor tempo na sessão da manhã, foi o quarto mais rápido da tarde, 0s414 mais lento que Pérez, enquanto Daniel Ricciardo fechou o dia em quinto. Lance Stroll, com a Aston Martin, concluiu os trabalhos em sexto, seguido por Charles Leclerc, da Ferrari. Só então, em oitavo, apareceu Verstappen. O holandês também se irritou com o tráfego à sua frente durante tentativa de volta rápida e abriu mão da programação para focar na simulação em ritmo de corrida. Carlos Sainz, da Ferrari, e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, fecharam a relação dos dez primeiros.

A Fórmula 1 volta a acelerar no Circuito das Américas neste sábado. Às 15h (de Brasília, GMT-3), acontece o treino livre 3, enquanto a classificação está marcada para 18h. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o fim de semana do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. Siga tudo aqui.

F1 NOS ESTADOS UNIDOS: TUDO SOBRE OS TREINOS LIVRES EM AUSTIN | Briefing

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Saiba como foi o treino livre 2 do GP dos EUA de F1

Como previsto pela meteorologia, o segundo treino livre em Austin começou com 29ºC de temperatura ambiente e com muita, mas muita gente nas arquibancadas no Circuito das Américas. A sessão teve início com uma grande dúvida sobre a performance da Red Bull, já que Max Verstappen foi quase 1s mais lento que as Mercedes no treino da manhã.

Esteban Ocon leva câmera no capacete neste fim de semana em Austin (Vídeo: F1)

A sessão teve início com vários carros na pista desde os primeiros minutos. Lewis Hamilton e Valtteri Bottas abriram os trabalhos com pneus médios, assim como Sergio Pérez, enquanto Max Verstappen deixou os boxes com os compostos macios, mas depois voltou para trocar logo para os médios também.

Nas primeiras voltas cronometradas da tarde, Pérez chegou a tomar a dianteira com 1min35s883, seguido por Bottas, Verstappen e Hamilton. Os quatro estavam separados por apenas 0s036. Mas muita coisa ainda estava por vir no Texas.

Na sequência do treino, Hamilton e Verstappen chegaram a dividir alguns trechos do circuito e andaram lado a lado, como se fosse numa verdadeira corrida. Nenhum deles quis ceder. Via rádio, o holandês disparou contra o rival: “Idiota estúpido”. Depois, foi além e apontou o dedo do meio contra o heptacampeão. Clima quente demais em Austin.

Enquanto os protagonistas da F1 em 2021 se estranhavam, os ‘segundões’ de Red Bull e Mercedes ocupavam a ponta da sessão. Pérez era o líder e tinha 1min35s716 como volta mais rápida, enquanto Bottas estava em segundo, 0s048 atrás.

MAX VERSTAPPEN; LEWIS HAMILTON; DEDO DO MEIO; GP DOS EUA; TREINO LIVRE 2;
Verstappen aponta dedo do meio para Hamilton durante TL2 (Foto: Reprodução)

Mas os melhores tempos ainda estavam por vir. Lance Stroll calçou pneus macios e colocou a Aston Martin na liderança provisória do treino ao virar 1min35s561. Só que a posição do canadense na ponta da tabela não durou muito tempo, não.

Bottas marcou 1min35s360 e assumiu a dianteira, mas Hamilton pulverizou o tempo do companheiro de equipe e cravou 1min34s842 para comandar a sessão. Só que a direção de prova anunciou que o heptacampeão perdeu seu tempo por ter excedido os limites de pista na curva 19.

O treino voltou a ter Pérez como líder quando restavam 30 minutos para o fim. O mexicano virou 1min34s946 e superou Bottas em 0s414. Stroll aparecia em terceiro, seguido pela Ferrari de Charles Leclerc, quarto colocado. Mas a ordem mudou novamente. Daniel Ricciardo chegou a subir para terceiro, que virou quarto quando Lando Norris colocou a sua McLaren em segundo.

Logo depois, Hamilton voltou à terceira posição, a 0s364 do tempo de Pérez. Verstappen, por sua vez, se irritou demais com o tráfego à sua frente e decidiu voltar aos boxes para mudar as configurações para começar a trabalhar em ritmo de corrida. O holandês era apenas o oitavo mais rápido na tabela de tempos.

Na metade final do treino, os tempos, na sua maioria, permaneceram os mesmos, já que as equipes priorizaram os trabalhos com avaliação da performance dos carros com tanque cheio visando a corrida. Ricciardo e Carlos Sainz chegaram a sair com pneus macios novos, mas nenhum dos dois obteve avanços na tabela de tempos. Desta forma, ‘Checo’ Pérez fechou a sexta-feira na frente no Circuito das Américas, embora Hamilton tivesse registrado a volta mais rápida do dia, deletada pela direção de prova.

Quando restavam 3 minutos para o desfecho do treino, Fernando Alonso, que estava em 13º na tabela de tempos, escapou na saída da curva 19 e, passou pela brita e chegou a bater de leve a traseira do carro da Alpine na barreira de proteção. O bicampeão, no entanto, conseguiu voltar pilotando o bólido azul rumo aos boxes no Circuito das Américas.

Fórmula 1 2021, GP dos EUA, Circuito das Américas, treino livre 2:

1S PÉREZRed Bull Honda1:34.946 24
2L NORRISMcLaren Mercedes1:35.203+0.25720
3L HAMILTONMercedes1:35.310+0.36422
4V BOTTASMercedes1:35.360+0.41424
5D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:35.457+0.51121
6L STROLLAston Martin Mercedes1:35.561+0.61525
7C LECLERCFerrari1:35.572+0.62623
8M VERSTAPPENRed Bull Honda1:35.824+0.87823
9C SAINZFerrari1:35.919+0.97324
10A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:36.138+1.19226
11E OCONAlpine Renault1:36.158+1.21223
12P GASLYAlphaTauri Honda1:36.242+1.29625
13F ALONSOAlpine Renault1:36.376+1.43018
14K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:36.558+1.61225
15S VETTELAston Martin Mercedes1:36.718+1.77230
16Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:36.983+2.03724
17M SCHUMACHERHaas Ferrari1:37.041+2.09524
18N LATIFIWilliams Mercedes1:37.254+2.30826
19G RUSSELLWilliams Mercedes1:37.490+2.54421
20N MAZEPINHaas Ferrari1:38.026+3.08023
  Tempo 107%1:41.592+6.646 
VERSTAPPEN ‘COMPRA’ NAMORADA. F1 DETERMINA DRESS CODE. MULHER SENDO TRATADA ASSIM? | TT GP #35
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar