Sirotkin assume torcida para que “pensem que mereço segundo chance” de seguir na F1 em 2019

Sergey Sirotkin deixou claro que deseja seguir na F1. Sem falar com todas as palavras que se acha merecedor de uma segunda temporada na categoria, o piloto afirmou torcer para que as pessoas o achem digno de mais um campeonato

Sergey Sirotkin está empenhado em seguir na F1 por mais um ano. Em coletiva de imprensa na quinta-feira (8), em Interlagos, o piloto evitou dizer ser merecedor de mais uma temporada na categoria, mas está na torcida para continuar.
 
O russo ainda não tem destino certo para a temporada 2019. Sem contrato assinado, as opções têm ficado cada vez mais afuniladas. Entretanto, a esperança é a última que morre para o titular da Williams.
 
“Acho que qualquer piloto merece um segundo ano na F1. Não sei se eu devo dizer ‘sim, eu mereço’, espero que mais pessoas pensem o mesmo. Então, sim, eu espero que isso se confirme em breve”, falou em coletiva de imprensa com presença do GRANDE PRÊMIO.
Sergey Sirotkin (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Sergey falou também sobre a evolução que apresentou ao longo do campeonato e elencou algumas das melhoras que já percebeu. “As corridas, no geral, o quanto eu me sinto confortável na corrida, quanto me sinto confortável mantendo os pneus, o ritmo, a corrida. É algo que você vai melhorando aos poucos, não vê uma melhora rápida”, apontou.
 

“Ainda estou tentando melhorar nas corridas, ainda estou tentando ver tudo e analisar várias coisas, o que foi bom e o que preciso melhorar. É um processo contínuo e é a parte legal do negócio”, seguiu. 
 
Por fim, Sirotkin falou sobre a falta de sorte que tem enfrentado e os constantes acidentes que está envolvido. “No geral, não entregamos os bons resultados que potencialmente poderíamos entregar tanto na classificação quanto na corrida. Às vezes foi minha culpa, às vezes culpa de outra pessoa, às vezes da situação que estávamos inseridos. Poderíamos fazer muito melhor do que isso”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathália de Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube