Speed Trap: confira as maiores velocidades do GP da Hungria 2020 da Fórmula 1

Apesar da corrida abaixo da crítica, Valtteri Bottas foi quem ficou com a maior velocidade do GP da Hungria

A vitória e a dobradinha foram apenas miragens para Valtteri Bottas no GP da Hungria deste domingo (19). Após errar na largada, o finlandês caiu para o sexto lugar e conseguiu chegar somente em terceiro, mas a tentativa de recuperação rendeu a Bottas a maior velocidade alcançada durante as 70 voltas: 316.6 km/h.

Atrás de Bottas, o top-3 foi todo formado por pilotos que tiveram começos de corrida complicados: Lando Norris e Sergio Pérez, respectivamente em segundo e terceiro. Carlos Sainz, Alex Albon, Esteban Ocon, Pierre Gasly, Daniel Ricciardo, Kimi Räikkönen e Charles Leclerc fecharam o top-10.

Desta forma, a metade inicial contou com três carros empurrados por motores Honda e Renault e dois por Mercedes e Ferrari.

Lance Stroll, George Russell, Max Verstappen, Sebastian Vettel, Daniil Kvyat, Lewis Hamilton, Antonio Giovinazzi, Nicholas Latifi, Romain Grosjean e Kevin Magnussen, exatamente nessa ordem, formaram a segunda metade da tabela de velocidades. O dinamarquês alcançou somente 289.5 km/h.

A F1 volta em duas semanas, em Silverstone, com o GP da Inglaterra.

Fórmula 1 2020, GP da Hungria, Hungaroring, Speed Trap:

1V BOTTAS316.6
2L NORRIS316.4
3S PÉREZ315.1
4C SAINZ JR312.9
5A ALBON312.8
6E OCON312.1
7P GASLY310.7
8D RICCIARDO310.5
9K RÄIKKÖNEN309.1
10C LECLERC308.5
11L STROLL308.4
12G RUSSELL307.6
13M VERSTAPPEN307
14S VETTEL305.8
15D KVYAT305.7
16L HAMILTON305.6
17A GIOVINAZZI304.9
18N LATIFI302.7
19R GROSJEAN294.3
20K MAGNUSSEN289.5

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube