Speed trap: confira velocidades máximas dos pilotos no GP da Inglaterra 2019 de F1

Foi um motor Mercedes que liderou a tabela do Speed Trap do GP da Inglaterra. Entretanto, não foi nem Lewis Hamilton nem Valtteri Bottas quem atingiu a velocidade máxima em Silverstone, mas sim Lance Stroll com 334,4 km/h

No GP da Inglaterra deste domingo (14), ao observar as velocidades máximas atingidas, foi um motor Mercedes que ficou no topo da tabela, mas não foi nem Lewis Hamilton nem Valtteri Bottas. Lance Stroll quem liderou o speed trap ao atingir 340,4 km/h.
 
Apenas 0,1 km/h inferior ao titular da Racing Point, foi Max Verstappen e seu propulsor Honda quem ficou em segundo. Charles Leclerc, Daniil Kvyat e Pierre Gasly foram os nomes que seguiram a dupla da ponta.

Lance Stroll (Foto: Racing Point)

Melhor Renault da prova em Silverstone em termos de velocidade máxima, foi Daniel Ricciardo quem apareceu em sexto. Em sétimo, batendo 334,3 km/h, ficou Lando Norris. Sergio Pérez, Alexander Albon e Lewis Hamilton completaram o top-10.
 

Enquanto isso, em 11º veio Nico Hülkenberg, com Kimi Räikkönen na sequência. O acidentado Sebastian Vettel aparece em 13º, com Carlos Sainz Jr e George Russell fechando o rol dos 15 pilotos da tabela.
 
Completando a tabela do speed trap do GP da Inglaterra aparecem Robert Kubica, Valtteri Bottas, Antonio Giovinazzi, Kevin Magnussen e Romain Grosjean.

1 L STROLL 340,4
2 M VERSTAPPEN 340,3
3 C LECLERC 338,8
4 D KVYAT 337
5 P GASLY 336
6 D RICCIARDO 335,7
7 L NORRIS 334,3
8 S PÉREZ 334,1
9 A ALBON 333,1
10 L HAMILTON 331
11 N HÜLKENBERG 330,4
12 K RÄIKKÖNEN 330,3
13 S VETTEL 329,8
14 C SAINZ JR 328,6
15 G RUSSELL 325,1
16 R KUBICA 323,2
17 V BOTTAS 319
18 A GIOVINAZZI 314
19 K MAGNUSSEN 304,2
20 R GROSJEAN 300,3

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube