Após investigação, Stroll e Verstappen escapam de punição por batida em Portugal

Não deu em nada a investigação dos comissários de prova do GP de Portugal a respeito do incidente entre Lance Stroll e Max Verstappen nos minutos finais do segundo treino livre em Portugal

Os comissários do GP de Portugal eximiram Max Verstappen e Lance Stroll de qualquer punição pelo incidente ocorrido nos minutos finais do segundo treino livre, na tarde desta sexta-feira (23), em Portimão. Os pilotos da Red Bull e Racing Point, respectivamente, se chocaram na entrada da curva 1 depois de andarem lado a lado na reta lusitana. Na esteira do incidente, Verstappen xingou o adversário, enquanto o chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, disse que o holandês agiu de forma ridícula.

Mas segundo os responsáveis por julgar o caso, nenhum dos dois agiu de forma predominante para causar a batida. Há o entendimento por parte dos comissários de que houve um mal-entendido, mas, ao mesmo tempo, também a conclusão de que o incidente poderia ter sido evitado.

Após a batida, Verstappen conseguiu trazer o carro aos boxes, mas Lance parou na caixa de brita e teve a atividade encerrada. O canadense ocupava a 18ª posição na tabela de tempos do treino, enquanto o holandês fechou os trabalhos da tarde em segundo.

Max Verstappen se envolveu em acidente com Lance Stroll (Foto: Reprodução/Twitter)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

“Esse cara é cego? Que porra tem de errado com ele? Jesus Cristo, que retardado. Sim, tenho danos”, disparou Verstappen, claramente irritado no rádio. A sessão foi interrompida com bandeira vermelha.

Contudo, os comissários entenderam que não houve motivos para punir nenhum dos envolvidos. “Stroll estava numa volta rápida e foi autorizado a ultrapassar Verstappen na volta anterior ao incidente. Levando em conta a informação da sua equipe e o treino habitual, Verstappen presumiu que Stroll iria tirar o pé na volta seguinte e se moveu para ultrapassá-lo ao longo da reta principal”, diz o documento publicado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) nesta tarde.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

“No entanto, Stroll foi instruído por sua equipe para fazer uma segunda volta rápida. Stroll presumiu que Verstappen teria tirado o pé para ganhar espaço entre eles, também em linha com os testes habituais, e por isso não estava em busca de passar Verstappen”, justificou.

“Em audiência, os pilotos concordaram que o incidente foi o resultado de um mal-entendido entre eles e que, em retrospectiva, os dois poderiam ter contribuído para ter evitado esse incidente”, explicou a entidade.

“Os comissários, portanto, entendem que nenhum dos pilotos foi total ou predominantemente culpado e não vão tomar nenhuma ação adicional”, concluiu.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado em Portimão. O treino livre 3 está marcado para 7h (de Brasília), enquanto a sessão que vai definir o grid de largada do GP de Portugal acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube