Tatiana Calderón ganha chance e acelera carro da Sauber durante dia de filmagem no México

Tatiana Calderón vai ter a chance de realizar seu grande sonho e finalmente vai guiar um carro de F1. Em dia de filmagem agendado pela Sauber no Autódromo Hermanos Rodríguez, a colombiana vai pilotar o C37 na próxima terça-feira (30)

Um sonho prestes a virar realidade. Tatiana Calderón finalmente vai ter a sua chance de pilotar um carro de F1. Na próxima terça-feira (30) no mesmo Autódromo Hermanos Rodríguez, palco do GP do México deste fim de semana, a colombiana de 25 anos vai guiar o Sauber C37, carro utilizado ao longo da temporada pelos titulares Charles Leclerc e Marcus Ericsson, em um dia de filmagem no circuito. 
 
Tatiana, que ocupa a função de pilota de desenvolvimento da escuderia suíça, viaja com a comitiva da Sauber para a maioria das etapas do campeonato, mesmo as que não coincidem com os finais de semana da GP3, categoria que Calderón corre neste ano com a equipe Jenzer.
 
A colombiana, nascida em Bogotá, é apoiada pela Escudería Telmex, projeto de desenvolvimento de pilotos não apenas mexicanos, mas de toda a América Latina, e é liderado por Carlos Slim Domit, presidente da América Móvil, dono de marcas como a Telcel, Telmex e também a Claro.
Tatiana Calderón vai pilotar o Sauber C37 na próxima terça-feira no México (Foto: Sauber)

Calderón vibrou com a chance recebida e já sonha com a próxima terça-feira, quando vai realizar seu sonho acelerar um carro de F1.

 
“Estou muito grata e muito empolgada pela chance que a Alfa Romeo Sauber, Escudería Telmex, Infinitum e Claro, a oportunidade de pilotar um carro de F1 pela primeira vez na minha carreira. Desde que comecei a correr, meu sonho e meu objetivo sempre foram algum dia estar no mais alto nível. Descobrir o Autódromo Hermanos Rodríguez da perspectiva do cockpit do Sauber C37 vai ser uma experiência incrível”, destacou a pilota.
 
“Como uma pilota latino-americana, não poderia haver lugar melhor para a minha estreia com um carro de F1”, acrescentou ‘Tata’. 
 
Frédéric Vasseur, chefe da Sauber, elogiou Calderón pelo trabalho feito ao longo da Sauber nos últimos anos e não escondeu a alegria por ver a colombiana tendo a chance de pilotar um carro de F1.
 
“Estamos muito felizes em anunciar que Tatiana Calderón vai pilotar nosso carro num evento promocional no México. Nos nossos dois anos de colaboração, Tatiana demonstrou que é uma parte valiosa da equipe e demonstrou de forma contínua sua dedicação ao nosso projeto, assim como sua ética de trabalho e seu entusiasmo pelo nosso esporte”, comentou o francês.
 
Carlos Slim Domit, principal patrocinador de Calderón na carreira, vê a oportunidade como um grande passo para a colombiana. “Estamos muito orgulhosos de fazer parte do projeto da Tatiana. Sua carreira se baseia no talento, esforço, sacrifício e dedicação, e isso se vê refletidos nos resultados que permitiram a ela ser a primeira pilota latino-americana a fazer parte de uma equipe como a Alfa Romeo Sauber”.
 
“Isso permite a ela completar um passo importante na sua carreira esportiva e cheia de orgulho para todos os seus torcedores na Colômbia e na América Latina e, em especial, às mulheres e ao automobilismo em geral”, pontuou.
 
A última vez que uma mulher participou de forma oficial de F1 — o que não é o caso neste dia de filmagem estabelecido pela FIA — foi em 1992, quando Giovana Amati tentou se classificar com o carro da Brabham nos GPs da África do Sul, México e Brasil. À época, a italiana, hoje com 59 anos, não conseguiu obter um lugar no grid de largada.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.
 
E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube