Terceiro piloto, Giovinazzi tem primeiro contato com F1 ao testar Ferrari em Fiorano: “Sensação maravilhosa”

A Ferrari entregou o modelo de 2015, o SF15-T, para Antonio Giovinazzi, contratado para ocupar a vaga de terceiro piloto. O italiano exaltou a relação com os membros da equipe, que “tornaram tudo mais fácil”

Um italiano testando um carro italiano em um circuito italiano. Antonio Giovinazzi não poderia ter se sentido mais em casa na sua primeira experiência com um carro de F1. O vice-campeão da GP2, contratado como terceiro piloto da Ferrari, conduziu o modelo de 2015 nesta quinta-feira (2) ao redor do circuito de Fiorano, tradicional palco de testes privados da equipe de Maranello.
 
“Foi uma sensação maravilhosa, é minha primeira chance de pilotar um carro de F1”, resumiu Giovinazzi. “Para um italiano, sair dos boxes em uma Ferrari foi uma experiência incrível”, seguiu
Antonio Giovinazzi conduz o carro de 2015 da Ferrari (Foto: Ferrari/Divulgação)
“O teste em si foi muito interessante, com muitos procedimentos sendo seguidos. Mas todos na equipe foram muito legais comigo e extremamente úteis, tornando tudo mais fácil. Quero agradecer todo mundo”, finalizou.
 
O regulamento da F1 permite que as equipes façam testes privados com carros antigos – justamente o que a Williams faz com Lance Stroll, contratado como piloto titular para 2017. Assim, a ideia da Ferrari é realizar uma segunda bateria de testes com Giovinazzi já nesta sexta-feira (3).
 
Os testes caem como uma luva para um piloto que não deve disputar nenhum campeonato em 2017. Depois de um impressionante vice-campeonato na temporada de estreia na GP2, Giovinazzi não firmou nenhum contrato para seguir competindo. O ano do italiano deve ser destinado a compromissos com a Ferrari, seja com modelos antigos ou atuais.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube