Tribunal holandês absolve Verstappen de acusações de vandalismo

Jos Verstappen escapou de ir novamente para trás das grades. O ex-piloto holandês de F1 foi absolvido após o tribunal de Roermond considerar que o Ministério Público ao levar o caso adiante da maneira que o fez

O tribunal de Roermond decidiu não aplicar nenhuma pena ao ex-piloto de F1 Jos Verstappen devido às acusações de vandalismo que foram feitas contra o holandês. As autoridades afirmaram que o Ministério Público cometeu um erro ao levar o caso para a corte.

A suspeita que recaía sobre o Verstappen era de que ele cometera atos de vandalismo ao destruir dois telefones, uma bolsa e jóias. Por estas ações, o procurador público deveria ter, segundo o tribunal, aplicado uma multa, por exemplo, ao ex-piloto. Além disso, também foi levada em consideração a exposição que o caso teve na mídia e as consequências negativas que refletiram sobre a vida pessoal e profissional de Jos.

Jos Verstappen chegou a ser preso em janeiro deste ano (Foto: Divulgação)

Verstappen, que está com 40 anos, chegou a ser preso no começo do ano por tentativa de homicídio contra sua ex-namorada. Ele teria tentado atropelá-la, porém, sem mais evidências, o holandês foi liberado.

A passagem de Verstappen pela F1 se estendeu de 1994 a 2003, com direito a um ano sabático da categoria em 2002, e ele passou pelas equipes Benetton, Simtek, Footwork, Tyrrell, Stewart, Arrows e Minardi.

O Grande Prêmio cobre 'in loco' neste fim de semana a 12ª etapa do Mundial de F1, o GP da Bélgica, direto de Spa-Francorchamps, com Evelyn Guimarães.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube