Único a quebrar hegemonia da Mercedes em 2014, Ricciardo lembra boas memórias na Hungria: “Vitória mais divertida”

Daniel Ricciardo ganhou três corridas em 2014 - em Montreal, Budapeste e Spa-Francorchamps -, mas o GP da Hungria foi para ele o mesmo divertido. O motivo: as pessoas que precisou passar - Lewis Hamilton e Fernando Alonso

Faz cerca de um ano em calendário corrido que Daniel Ricciardo fez uma grande corrida para bater a Mercedes pela segunda vez na temporada 2014 do Mundial de F1. Foi também a a abertura de uma pequena sequência de dois triunfos seguidos, os últimos da Red Bull até o momento. E para Daniel, foi a melhor das vitórias.
 
Segundo o australiano, vencer em Budapeste foi provavelmente mais recompensador que no Canadá e na Bélgica por conta do desenho da prova e das ultrapassagens que fez sobre Lewis Hamilton e Fernando Alonso – então de Ferrari.
 
"Ano passado foi uma ótima corrida para mim! Das três vitórias, foi definitivamente a mais animada durante a corrida. É difícil julgar, mas provavelmente foi o melhor desempenho das três, puramente por causa das pessoas que eu passei para terminar na liderança. Tive melhor condição nos pneus –  excelente estratégia do nosso pessoal -, mas Fernando e Lewis não te deixam passar de graça. Eu tive que trabalhar", lembrou.
Daniel Ricciardo se divertiu na Hungria em 2014 (Foto: AP)
E não se trata da pista favorita de Ricciardo, mas ele tem seus momentos em Hungaroring, como mostrou em 2014. Além de claro, ser uma das melhores festas do ano.
 
"É uma pista ótima para uma volta de classificação, uma das melhores. É apertada, cheia de curvas e ondulada, e você precisa usar as zebras – então deixar pouco combustível, um novo jogo de pneus e ir no limite é muito divertido. Pelas mesmas razões, a corrida tende a ter poucas ultrapassagens", seguiu.
 
"Eu adoro essas corridas no verão europeu quando tem altas temperaturas e normalmente um ótimo clima. Somado a isso, também o fato de ser a última corrida antes ao recesso de verão, e isso deve deixar todo mundo de bom humor. Ganhar foi ótimo, mas ter meia dúzia de amigos para o final de semana fez ainda melhor. O que eu disse sobre ser a última antes das férias? A festa do domingo é muito divertida", brincou.
 
O GP da Hungria acontece em 26 de julho, e o GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube