Bottas bate Verstappen, vence corrida sprint e conquista pole no Brasil. Hamilton é 5º

Após toda a bagunça com a investigação iniciada no sábado, corrida sprint teve cenário diferente ao que se imaginava após classificação. Valtteri Bottas venceu e ficou com a pole do domingo

Max Verstappen confere asa traseira da Mercedes após classificação em Interlagos (Vídeo: Frederico Monteiro/Twitter)

Quando a classificação em Interlagos terminou, no fim da tarde da sexta-feira, Lewis Hamilton saía como enorme favorito à corrida sprint. O cenário após de quase 20 horas de discussões sobre se ele ou Max Verstappen seriam punidos ou não, porém, mudaram tudo. O inglês acabou desclassificado, enquanto o multado holandês ficou com a primeira posição. A frente da corrida sprint também não virou vitória fácil nas mãos de Verstappen. Ao contrário, o que aconteceu foi brilho de Valtteri Bottas. O finlandês venceu e ficou com a pole-position para o domingo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Bottas tomou a ponta com uma largada magistral e que destaca as idiossincrasias do piloto apenas seis dias depois de uma partida vexatória no México. É a experiência Valtteri, que dessa vez apertou no calo de Verstappen. O holandês chegou a perder a terceira posição ao escapar da pista, mas rapidamente ultrapassou Carlos Sainz. O ataque foi para cima de Bottas, que resistiu até quando Max chegou em zona de DRS. Não teve jeito, Verstappen vai largar mesmo em segundo no domingo.

Sainz, por sua vez, largou bem também e se manteve confortável por quase todo tempo com o terceiro lugar. Sergio Pérez tentou apertar no fim, ameaçou, mas não chegou sequer perto de realmente ultrapassar. Assim, o mexicano fica em quarto.

O protagonista da prova, além de Bottas, foi mesmo Hamilton. Em 24 voltas, apenas, saiu do 20º lugar para o quinto. Sim, 15 posições e pouco atrás de Pérez e Sainz. O heptacampeão não abriu mão do fim de semana, ainda que perca cinco destes postos para o domingo. Se em 24 voltas fez um salseiro como esse saindo em 20º, largar em décimo numa corrida com três vezes a duração desta não parece um acordo tão ruim assim.

Lando Norris, Charles Leclerc, Pierre Gasly, Esteban Ocon e Sebastian Vettel fecharam o top-10, mas nas corridas sprint apenas os três primeiros colocados marcam pontos.

GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também segue todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL. A largada está marcada para 14h (de Brasília) do domingo.

Valtteri Bottas e Max Verstappen (Foto: AFP)

Confira como foi a corrida sprint:

Muita discussão marcou o GP de São Paulo desde a noite de sexta-feira, mas, às 16h30 do sábado, era hora de deixar tudo isso de lado e partir para uma corrida, ainda que curta. Max Verstappen passou a ter a primazia da liderança, mas nada durou. Valtteri Bottas atacou e devolveu a ultrapassagem do México, assumindo a dianteira antes da primeira curva.

As coisas pioraram para Verstappen ao longo da volta, enquanto Botas abria na frente: escapou da pista na tentativa de recuperar o campo e caiu para terceiro, atrás também de Carlos Sainz. O holandês reclamava da sincronia do câmbio no rádio da equipe. Enquanto isso, bem atrás, Lewis Hamilton terminava a primeira volta na 15ª colocação.

No terceiro giro, Verstappen deixou Sainz para trás, ao passo que Hamilton já deixava Lance Stroll e Yuki Tsunoda para tomar o 13º posto. Bottas abria 2s4 na frente. Atrás de Bottas e Verstappen, Sainz se mantinha em terceiro e Charles Leclerc, Lando Norris, Pierre Gasly, Esteban Ocon, Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo finalizavam o top-10.

Logo na quinta volta, Hamilton tirou Antonio Giovinazzi da frente, mas demorou três voltas para ultrapassar Fernando Alonso. Na Hungria, antes do recesso de verão, Alonso segurou Hamilton como um leão e até começou bem nesta disputa, mas não havia como resistir por muito tempo.

Se o ritmo da McLaren era inferior ao da Ferrari na classificação, a sprint apresentou nova realidade: Norris atacou Leclerc e fez excelente ultrapassagem com um mergulhão na primeira curva da pista paulistana. Em 11º, Hamilton encarava um problema: tentava chegar em Daniel Ricciardo, na décima posição, mas o australiano podia abrir o DRS por estar bem próximo de Vettel e aumentava a velocidade. A ultrapassagem demorou boas três voltas, novamente.

Lewis Hamilton capturou Antonio Giovinazzi e mais 14 na corrida sprint (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Enquanto Hamilton seguia cortando o caminho, Verstappen encostava mais e mais. Se Bottas chegou a ter 2s5 de frente após um começo acachapante, Max estava somente 0s5 e com possibilidade de abrir a asa na volta 15 de 24. Mas ainda era Lewis quem movimentava tudo, passava Vettel e Ocon em sequência.

Na volta 17, Gasly foi a vítima. Com sete voltas pela frente, Hamilton já ganhara 13 posições. Leclerc era o próxima na lista, mas estava mais de 2s à frente. Bottas conseguia voltar para mais de 1s de vantagem e mandava Verstappen para fora da zona de DRS.

Pérez aparecia, enfim, usando a potência de sua Red Bull para atacar Sainz e tentar tomar o terceiro lugar e o ponto final da corrida sprint. Mas o espanhol não venderia barato e defendia de maneira aplicada. O companheiro, Leclerc, surgia com a transmissão mostrando já atrás de Hamilton, sexto com cinco voltas pela frente.

Verstappen tirou o pés antes para atacar loucamente no final? Era a grande dúvida que se apresentava, mas a penúltima volta apenas mostrou o holandês voltar à zona de DRS. Duas voltas para arriscar.

Hamilton brilhava. Ainda antes do fim, deixou Norris para trás e tomou o quinto lugar na entrada da última volta com manobra de almanaque no fim da reta dos boxes. Lewis foi o quinto, enquanto Bottas segurou Verstappen para vencer a corrida sprint e segurar a pole do GP de São Paulo.

Desta feita, Bottas soma três pontos no campeonato contra mais dois de Verstappen e um de Sainz. Pérez, Hamilton, Norris, Leclerc, Gasly, Ocon e Vettel fecharam o top-10.

Paddockast #129: Tudo que você precisa saber sobre o GP de São Paulo

Fórmula 1 2021, GP de São Paulo, Interlagos, Grid de largada:

1V BOTTASMercedes24 voltas 
2M VERSTAPPENRed Bull Honda+1.170 
3C SAINZFerrari+18.723 
4S PÉREZRed Bull Honda+19.787 
5L NORRISMcLaren Mercedes+22.558 
6C LECLERCFerrari+25.056 
7P GASLYAlphaTauri Honda+34.158 
8E OCONAlpine+34.632 
9S VETTELAston Martin Mercedes+34.867 
10L HAMILTONMercedes+20.872P+5
11D RICCIARDOMcLaren Mercedes+35.869 
12F ALONSOAlpine+36.578 
13A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari+41.880 
14L STROLLAston Martin Mercedes+44.037 
15Y TSUNODAAlphaTauri Honda+46.150 
16N LATIFIWilliams Mercedes+46.760 
17G RUSSELLWilliams Mercedes+47.739 
18K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari+50.014 
19M SCHUMACHERHaas Ferrari+1:01.680 
20N MAZEPINHaas Ferrari+1:07.474 
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar