Bottas supera Russell e Verstappen em forte classificação e crava pole do GP de Sakhir

No fim das contas, valeu a maior experiência a bordo do carro da Mercedes. Valtteri Bottas conquistou a pole-position no anel externo de Sakhir com uma vantagem de apenas 0s026 para George Russell. Max Verstappen, só 0s056 mais lento, foi o terceiro

Em uma sessão classificatória absolutamente apertada na noite deste sábado (5), Valtteri Bottas conquistou a pole-position do GP de Sakhir de Fórmula 1. Com sua melhor volta em 53s377, o finlandês bateu George Russell, substituto de Lewis Hamilton — que se recupera após ser infectado pelo novo coronavírus — na Mercedes por apenas 0s026, quebrando a invencibilidade do prodígio britânico desde a sua estreia na Fórmula 1. E Max Verstappen, o terceiro com a Red Bull, ficou apenas 0s056 do tempo de Bottas nesta noite no anel externo do circuito barenita.

Em uma sessão que teve os dez primeiros do grid separados por apenas 0s823, Charles Leclerc foi um dos grandes destaques e levou uma desacreditada Ferrari à quarta colocação com tempo 0s236 mais lento na comparação com a pole de Bottas. O monegasco conseguiu o feito de colocar o carro vermelho à frente da Racing Point de Sergio Pérez, quinto no grid de largada.

F1; FÓRMULA 1; MERCEDES; VALTTERI BOTTAS; TREINO LIVRE 3; GP DE SAKHIR;
Valtteri Bottas reagiu no confronto contra George Russell neste sábado (Foto: Mercedes)

Daniil Kvyat fez bom tempo com a AlphaTauri, na sequência do que vem sendo um ótimo fim de semana para a equipe, e vai largar na terceira fila, seguido pela Renault de Daniel Ricciardo e pela McLaren de Carlos Sainz. Pierre Gasly desta vez ficou longe do companheiro de equipe e vai partir em nono com a outra AlphaTauri, enquanto Lance Stroll fecha o top-10 do alinhamento inicial em Sakhir.

Enquanto Verstappen lutou pela pole, Alexander Albon decepcionou de novo e foi apenas o 12º colocado. E Pietro Fittipaldi, em sua primeira classificação na Fórmula 1, vai partir de 20º e último no grid. O brasileiro já largaria em tal posição por conta da troca de componentes do motor promovida pela Haas neste fim de semana.

O GP de Sakhir de Fórmula 1 tem largada marcada para 14h10 (horário de Brasília. Antes, às 13h, o GRANDE PRÊMIO analisa AO VIVO tudo sobre o treino classificatório e traz as últimas informações que antecedem a disputa da penúltima etapa da temporada 2020 no BRIEFING. Tudo na GPTV, o canal do GP no YouTube.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi o treino classificatório que definiu o grid do GP de Sakhir de F1

Q1: Bottas lidera e Verstappen supera Russell

A penúltima classificação da temporada 2020 da Fórmula 1 trouxe um enorme ar de imprevisibilidade depois de treinos livres com tempos muito parelhos e com uma Red Bull que se mostrou muito forte para lutar contra a Mercedes no anel externo de Sakhir. Foi o retorno de um brasileiro a uma sessão classificatória da F1 depois de mais de três anos e também foi a chance de ver a performance de George Russell na luta pela pole com o melhor carro do grid, o Mercedes W11, ao substituir o titular Lewis Hamilton, que se recupera do Covid-19.

Foi exatamente Pietro o primeiro piloto a deixar os boxes no Q1, seguido pelo seu companheiro de equipe na Haas, Kevin Magnussen. O brasileiro virou 55s884, enquanto Magnussen, que vinha logo atrás, foi 0s420 mais rápido. Ainda no comecinho, a Haas dividiu a pista com a Williams, com Jack Aitken superando Nicholas Latifi na primeira volta com 55s580.

Com pneus duros, Carlos Sainz chegou a colocar a McLaren na frente com 55s334 enquanto Magnussen, com os macios, subiu para segundo, 0s130 atrás. O espanhol não duraria muito na dianteira. Primeiro, depois de Pierre Gasly marcar 55s311 com compostos médios e, em seguida, com Charles Leclerc posicionando a Ferrari calçada com pneus macios na ponta com 54s917.

Gasly chegou a ficar na zona de eliminação, mas garantiu lugar no Q2 (Foto: Red Bull Content Pool)

Também com os médios, Daniil Kvyat fez boa volta ao cravar 54s785 antes de ser sido superado por curta margem por Valtteri Bottas e George Russell, da Mercedes. O intenso Q1 ganhava outros contornos quando as Racing Point, com pneus macios, se colocou em primeiro, com Sergio Pérez — 54s267 — e em terceiro, com Lance Stroll. Com 9 minutos para o fim, Lando Norris teve seu tempo deletado ao exceder os limites de pista na curva 8.

Max Verstappen mostrou a força da Red Bull ao anotar 54s037, enquanto Daniel Ricciardo subiu para terceiro com a Renault. Bottas aparecia provisoriamente em quarto e Russell era o sétimo antes de Sainz melhorar seu tempo e avançar para P4. Mais atrás, Jack Aitken lutava com Nicholas Latifi para passar para o Q2, enquanto Pierre Gasly figurava na zona de eliminação em P17, à frente das Alfa Romeo de Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi e da Haas de Fittipaldi.

Gasly conseguiu se salvar da eliminação com uma ótima volta que o colocou em quinto lugar na tabela de tempos, enquanto Bottas cravou 53s904 para superar Verstappen e fazer a melhor marca do Q1, enquanto Russell foi o terceiro, 0s256 atrás. Foram eliminados Magnussen, Latifi, Aitken, Räikkönen e Fittipaldi, que teve como melhor tempo 55s426, 0s7 mais lento que Magnussen. O brasileiro já largaria em último em razão da punição por troca de componentes de motor promovida pela Haas.

Q2: Verstappen faz melhor tempo; Albon e Vettel ficam fora

Dentre os 15 pilotos que foram à segunda parte da classificação, houve uma divisão entre os que optaram por pneus médios e macios. Dentre os candidatos à pole, Bottas e Russell saíram dos boxes com os compostos médios, assim como Verstappen. Leclerc não era exatamente um postulante à posição de honra, mas chegou a liderar a tabela de tempos antes de Gasly.

Quando os favoritos fizeram suas primeiras voltas rápidas, Bottas cravou 53s803, seguido muito de perto, apenas 0s016 mais rápido, que Russell, enquanto Verstappen tinha o provisório terceiro melhor tempo do Q2. Kvyat aparecia em quarto depois que Gasly teve um bom tempo, que o colocava entre os cinco primeiros, deletado depois de ter excedido os limites da curva 8.

Foi aí que apareceu de novo a Racing Point. ‘Checo’ Pérez fez ótima volta para subir para a ponta com 53s787, de pneus macios, enquanto Stroll subiu para quarto lugar, somente 0s053 atrás do líder. Verstappen e Albon vinham em quinto e sexto, respectivamente, com Kvyat em sétimo, Daniel Ricciardo, Esteban Ocon e Gasly, com nova volta completada, entre os dez mais rápidos.

Alexander Albon amargou nova eliminação no Q2 na temporada e vai largar só em P12 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Mas nada ainda estava definido em um Q2 pra lá de movimentado. Carlos Sainz chegou a fazer a melhor marca no primeiro setor e subiu para terceiro com tempo apenas 0s031 mais lento na comparação com Pérez. E Leclerc conseguia o feito de posicionar a Ferrari em sexto com pneus médios.

Com 2 minutos para o fim do Q2, todos os 15 carros voltaram à pista e geraram uma já prevista bagunça no desfecho do segmento da classificação. Também havia a previsão de que vários carros andassem muito próximos, o que teoricamente traria um potencial de risco muito grande.

Verstappen, na esteira da mudança de estratégia da Red Bull, calçou pneus macios para fazer a melhor volta do Q2: 53s647. O holandês foi seguido por Pérez, Bottas, Sainz, Russell — pela primeira vez na carreira no Q3 —, Leclerc, Stroll, Kvyat, Ricciardo e Gasly. Os sete primeiros foram separados por menos de 0s2. Foram eliminados Ocon, Alexander Albon — 0s379 mais lento que Verstappen —, Vettel, Giovinazzi e Norris.

Q3: Bottas supera Russell por apenas 0s026 e fatura pole em Sakhir

Bottas foi o primeiro a deixar os boxes e partir para sua volta rápida na abertura da decisão da pole, sendo seguido por Russell. O finlandês teve pista limpa, uma grande vantagem para um Q3 com perspectiva de ser bastante apertado e imprevisível.

Valtteri marcou 53s760 na sua primeira volta rápida, sendo 0s212 mais rápido que Russell, que anotou 53s972. Só que os dois foram batidos por Verstappen, que fez volta excepcional para cravar 53s591. Mais surpreendente ainda era a presença de Leclerc na segunda posição, só 0s022 mais lento que o piloto da Red Bull e à frente da dupla da Mercedes.

Russell foi superado pela primeira vez em classificações na Fórmula 1 (Foto: Mercedes)

Dentre os dez pilotos do Q3, Pérez, Stroll e Kvyat fizeram por último suas respectivas primeiras tentativas de volta rápida. O mexicano subiu para quarto lugar, entre as Mercedes de Bottas e Russell, e Stroll era apenas o oitavo. Kvyat não chegou a marcar tempo no começo da sessão.

Mas Bottas veio para outra volta rápida, mas com pneus macios novos. Sem fazer força, o finlandês marcou 53s377 e retomou a ponta, enquanto Russell virou 53s519, 0s142 mais lento que o companheiro de equipe, jogando Verstappen para terceiro, Leclerc para quarto e Pérez em quinto.

Leclerc sequer voltou à pista para os minutos derradeiros do Q3. Todos os outros nove pilotos deixaram os boxes para as respectivas últimas voltas rápidas. Russell chegou a melhorar seu tempo e encostou em Bottas, ficando somente 0s026 mais lento que o companheiro de equipe. Verstappen também ficou muito perto, 0s056 atrás, mas Bottas fez valer a maior experiência para comemorar a pole em Sakhir neste sábado.

F1 2020, GP de Sakhir, Sakhir, grid de largada:

1V BOTTASMercedes53.37724
2G RUSSELLMercedes53.403+0.02625
3M VERSTAPPENRed Bull Honda53.433+0.05617
4C LECLERCFerrari53.613+0.23621
5S PÉREZRacing Point Mercedes53.790+0.41317
6D KVYATAlphaTauri Honda53.906+0.52926
7D RICCIARDORenault53.957+0.58015
8C SAINZ JRMcLaren Renault54.010+0.63320
9P GASLYAlphaTauri Honda54.154+0.77728
10L STROLLRacing Point Mercedes54.200+0.82319
11E OCONRenault53.995+0.61813
12A ALBONRed Bull Honda54.026+0.64912
13S VETTELFerrari54.175+0.79817
14A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari54.377+1.00014
15L NORRISMcLaren Renault54.693+1.31615
16K MAGNUSSENHaas Ferrari54.705+1.3289
17N LATIFIWilliams Mercedes54.796+1.41911
18J AITKENWilliams Mercedes54.892+1.5159
19K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari54.963+1.58611
20P FITTIPALDIHaas Ferrari55.426+2.04911
Tempo 107%57.071+3.734

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube