Bottas supera Verstappen e lidera TL1 na Bélgica. Fechado por Latifi, Hamilton é 18º

Valtteri Bottas foi o mais rápido do treino livre que marcou o retorno da F1 em 2021. O finlandês superou Max Verstappen por 0s164. Pierre Gasly foi o terceiro, enquanto Lewis Hamilton, fechado por Nicholas Latifi na sua volta rápida, foi o antepenúltimo

Documentário conta com o apoio da família de Michael Schumacher (Vídeo: Netflix)

Valtteri Bottas foi o mais rápido no treino livre 1 do GP da Bélgica, 12ª etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 e prova que marca o regresso da categoria depois de quatro semanas em razão das férias de verão. O finlandês virou 1min45s199 em sua volta mais rápida com a Mercedes, usando pneus macios, e superou Max Verstappen, da Red Bull, por 0s164, na manhã desta sexta-feira (27) no circuito de Spa-Francorchamps.

Pierre Gasly, como tem sido em todo o campeonato, foi um dos destaques: o francês colocou a AlphaTauri em terceiro, logo à frente das Ferrari de Charles Leclerc e Carlos Sainz, enquanto Sergio Pérez foi o sexto com o segundo carro da Red Bull.

A bordo do carro da Aston Martin, Sebastian Vettel foi o sétimo colocado, seguido por Lando Norris, da McLaren. Esteban Ocon, o mais recente vencedor da Fórmula 1, foi o nono com a Alpine, enquanto Fernando Alonso, de contrato renovado com a escuderia francesa até o fim de 2022, fechou o top-10.

VALTTERI BOTTAS; MERCEDES; SPA-FRANCORCHAMPS; TREINO LIVRE 1; GP DA BÉLGICA;
Valtteri Bottas andou bem nesta manhã em Spa-Francorchamps (Foto: Mercedes)

Lewis Hamilton não teve uma boa manhã. O líder do Mundial de Pilotos acelerou no TL1 com um acerto com mais asa na sua Mercedes e não obteve grande velocidade nas retas. E mesmo quando vinha em volta rápida, foi atrapalhado e fechado pela Williams de Nicholas Latifi na curva Bus Stop. Resultado: apenas 18º para o heptacampeão mundial, só à frente das Haas de Nikita Mazepin e Mick Schumacher.

A Fórmula 1 volta a acelerar logo mais, a partir de 10h (de Brasília, GMT-3), com o treino livre 2. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista do GP da Bélgica AO VIVO e em TEMPO REALSiga tudo aqui.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Saiba como foi o treino livre 1 do GP da Bélgica de F1

O que esperar da segunda parte da temporada 2021 da Fórmula 1? Ouça já no Paddockast #118

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Fórmula 1 voltou a acelerar em uma manhã fria e molhada em Spa-Francorchamps nesta sexta-feira. Mesmo assim, a sessão começou com vários pilotos na pista, todos eles devidamente com carros calçados com pneus intermediários para as primeiras voltas de instalação. Mas boa parte do circuito de 7.004 km estava seca, cenário que oferecia o primeiro desafio às equipes no fim de semana.

SERGIO PÉREZ; EAU ROUGE; GP DA BÉLGICA; SPA-FRANCORCHAMPS;
As atividades nesta sexta-feira começaram com pista úmida (Foto: Red Bull Content Pool)

Não levou mais que alguns minutos para que os pneus intermediários fossem trocados pelos slicks. Lando Norris, um dos grandes nomes do primeiro semestre na Fórmula 1, calçou pneus médios para sua McLaren e completou as primeiras voltas rápidas desta manhã. O britânico virou 1min50s191 para abrir a tabela de tempos em Spa.

Mesmo assim, com a pista mais seca, havia ainda alguns trechos molhados, que se tornaram traiçoeiros para os pilotos. Kimi Räikkönen e Yuki Tsunoda, o mais veterano e o mais novo no grid, não escaparam das rodadas no princípio da sessão.

Sebastian Vettel comandou a tabela de tempos depois de 20 minutos de sessão. Com 1min48s119, o tetracampeão era seguido por Pierre Gasly, Lewis Hamilton, Carlos Sainz e Valtteri Bottas, que fechava a lista dos cinco primeiros. Até que logo depois o mais recente vencedor da Fórmula 1, Esteban Ocon, colocou a Alpine como P1 ao registrar 1min48s087, 0s032 mais rápido que Seb. Em seguida, o francês melhorou ainda mais seu tempo ao cravar 1min47s250.

ESTEBAN OCON; F1; FÓRMULA 1;
Esteban Ocon chegou a assumir a liderança do TL1 em Spa (Foto: Fórmula 1/Twitter)

Mas a liderança de Ocon durou só até o momento em que Max Verstappen registrou sua primeira volta rápida. Com pneus duros, o vice-líder do campeonato virou 1min46s879 para tomar a dianteira. Carlos Sainz, com a Ferrari, era o segundo, também com pneus duros. No começo da metade final do treino, Bottas aparecia em décimo, enquanto Lewis Hamilton era o 13º.

Enquanto as Mercedes não faziam suas voltas rápidas, a Red Bull nadava de braçada. Verstappen melhorou ao cravar 1min46s423, enquanto Sergio ‘Checo’ Pérez subiu para segundo, porém com 0s744 de diferença para o companheiro de equipe. Räikkönen, por sua vez, voltava a ter problemas e escorregava na entrada do pit-lane, batendo de leve no muro de proteção.

KIMI RÄIKKÖNEN; FÓRMULA 1; GP DA BÉLGICA; TREINO LIVRE 1; ALFA ROMEO;
Kimi Räikkönen escorregou e acertou o muro na entrada do pit-lane (Foto: Fórmula 1/Twitter)

Hamilton reportava dificuldades com o carro, acertado para o TL1 com mais asa traseira. Desta forma, o heptacampeão não conseguia obter grande velocidade nas retas. Em contrapartida, a Red Bull foi à pista com um acerto que priorizada os setores de alta velocidade.

Verstappen melhorou ainda mais sua marca depois de passar em 1min45s905. A diferença para Pérez era absurda: 1s262. O mexicano continuava como segundo até ser superado por Nicholas Latifi, um dos grandes destaques do GP da Hungria. Com pneus macios, o canadense colocou a Williams só atrás de Verstappen com tempo 1s196 mais lento. Já as Mercedes seguiam bem atrás, em 11º com Bottas e apenas em 14º com Hamilton.

Já na reta final da sessão, Daniel Ricciardo apareceu bem e se colocou momentaneamente em segundo com a McLaren. Depois, foi a vez de Vettel voltar à segunda posição, os dois usando pneus macios. Logo em seguida, Sainz registrou sua primeira volta rápida com os compostos vermelhos. Mesmo assim, o espanhol não conseguiu bater a marca de Verstappen, estabelecida com pneus duros. Carlos virou 1min45s935, 0s030 mais lento que o holandês.

LEWIS HAMILTON; NICHOLAS LATIFI; TREINO LIVRE 1; GP DA BÉLGICA; SPA-FRANCORCHAMPS;
Lewis Hamilton foi fechado por Nicholas Latifi em sua volta rápida (Foto: Reprodução/DAZN España)

Só então, com 15 minutos para o fim da sessão, que a Mercedes voltou à pista, com pneus macios, para cravar suas voltas mais rápidas pela manhã. Bottas deixou Verstappen para trás em 0s706 ao marcar 1min45s199. Em seguida, Hamilton virou sua primeira volta rápida. O heptacampeão vinha muito bem, inclusive com a melhor marca no segundo setor, mas foi atrapalhado e até fechado pela Williams de Latifi na parte final do circuito, à altura da curva Bus Stop. Lewis sequer completou volta.

Verstappen melhorou seu tempo já na fase final do treino, mas não foi o suficiente para superar Bottas. Pierre Gasly, por sua vez, surpreendia ao colocar a AlphaTauri em terceiro, exatamente 0s5 mais lento que Valtteri. Nos minutos finais, a chuva voltou a dar as caras, ainda que de forma leve, fator que impediu a melhora dos tempos e consolidou de vez a liderança de Valtteri Bottas nesta manhã.

Fórmula 1 2021, GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, treino livre 1:

1V BOTTASMercedes1:45.199 18
2M VERSTAPPENRed Bull Honda1:45.363+0.16414
3P GASLYAlphaTauri Honda1:45.699+0.50020
4C LECLERCFerrari1:45.818+0.61919
5C SAINZFerrari1:45.935+0.73620
6S PÉREZRed Bull Honda1:46.127+0.92817
7S VETTELAston Martin Mercedes1:46.177+0.97819
8L NORRISMcLaren Mercedes1:46.336+1.13717
9E OCONAlpine Renault1:46.497+1.29816
10F ALONSOAlpine Renault1:46.612+1.41316
11L STROLLAston Martin Mercedes1:46.649+1.45019
12D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:46.683+1.48420
13A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:46.755+1.55617
14G RUSSELLWilliams Mercedes1:46.772+1.57319
15Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:46.928+1.72919
16N LATIFIWilliams Mercedes1:47.101+1.90220
17K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:48.125+2.92615
18L HAMILTONMercedes1:48.224+3.02517
19N MAZEPINHaas Ferrari1:48.705+3.50616
20M SCHUMACHERHaas Ferrari1:49.059+3.86015
  Tempo 107%1:52.563+7.364 
NA VOLTA DA F1, RED BULL CHORA POR VERSTAPPEN E PÉREZ, E MERCEDES CALA BOTTAS E RUSSELL | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar