Vandoorne valoriza aprendizado e garante que já se sente “100% preparado” para liderar McLaren se Alonso deixar F1

Stoffel Vandoorne reconheceu que viveu uma temporada de grande aprendizado ao dividir a McLaren com Fernando Alonso. E afirmou que agora já se sente pronto para liderar a equipe inglesa se o bicampeão decidir deixar a esquadra após o fim de 2018

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O futuro de Fernando Alonso na F1 e na McLaren ainda é incerto, embora haja a certeza de que o espanhol segue com os ingleses em 2018. Só que, se o bicampeão do mundo decidir deixar o grid após o fim da temporada, Stoffel Vandoorne garantiu que está pronto para liderar o time de Woking.

Na próxima temporada, a esquadra chefiada agora por Zak Brown trocou os motores da Honda pelos da Renault em tentativa de fazer Alonso voltar a lutar no pelotão da frente. E Vandoorne vem na esteira das mudanças. "Estou 100% preparado para liderar a equipe se Alonso deixou o time", disse o jovem belga à revista 'F1 Racing'.

Fernando Alonso brinca com Stoffel Vandoorne em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Twitter)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

"Acredito que a equipe confia nas minhas habilidades e no meu compromisso. Já estou aqui há quatro anos e me sinto muito em casa", completou.

 
Vandoorne fez uma análise da performance em sua primeira temporada inteira e admitiu que o desempenho também veio diante do aprendizado em dividir os boxes com Alonso. "Aprendi muito com Fernando. Ele é um dos melhores pilotos da F1, é rápido e experiência. Tem sido muito bom compartilhar a equipe com ele, ver como se comporta a cada desafio e a cada fim de semana de GP", afirmou Stoffel, que fechou o campeonato na 16ª posição, a quatro pontos do espanhol.
 
"É importante sempre estar motivado porque somente 20 pontos conseguem entrar no grid. Então, deve ser feliz e tentar tirar tudo dessa experiência. No meu caso, houve muitas coisas que tive de aprender, todos os novos circuitos, ter Alonso na equipe", acrescentou.
 
Por fim, Vandoorne falou sobre a mudança de motores para 2018. "Foi muito positivo. Já pude ver todos na fábrica e estão muito motivados. Então, acho que teremos muito grande futuro pela frente", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube