Verstappen agradece mecânicos “incríveis” e comemora segundo lugar “como vitória”

Max Verstappen passou por diferentes emoções neste domingo no Hungaroring. Primeiro, bateu o carro antes da largada. Na corrida, porém, teve bom ritmo e conseguiu subir ao pódio novamente

O GP da Hungria de 2020 foi de altos e baixos para Max Verstappen. Antes mesmo da largada, o piloto passou por apuros, quando perdeu o controle de sua Red Bull e bateu uma proteção de pneus. A equipe precisou arrumar o carro ainda no grid de largada e ele conseguiu participar da prova, chegando em uma ótima segunda posição depois de partir em sétimo.

Depois de boa largada, Verstappen rapidamente subiu para terceiro. Nas paradas de boxes, deixou Lance Stroll pelo caminho, mas nunca esteve próximo de ameaçar Lewis Hamilton. Nas voltas finais, ainda segurou o ímpeto de Valtteri Bottas.

“Não foi como eu queria no começo. Acabei na proteção de pneus indo para o grid. Não sei como eles [mecânicos] fizeram os reparos, mas são incríveis. Nós apenas fizemos o que precisávamos e dividimos as Mercedes, isso é bom”, declarou Verstappen.

Max Verstappen bateu o carro a caminho do grid de largada (Foto: Reprodução/TV)

“Acompanhar o piloto da frente aqui é complicado. Nós controlamos o ritmo e fico feliz com o segundo lugar. Pensei que nem correria hoje, então o segundo posto é uma vitória”, completou.

Neste domingo, o Briefing entra ao vivo às 13h (Brasília, GMT -3). No pós-corrida do GP da Hungria de F1, Victor Martins, Evelyn Guimarães e Felipe Noronha analisam a disputa em Hungaroring e trazem as últimas informações da terceira etapa do Mundial 2020. Inscreva-se no canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube e ative as notificações.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube