Verstappen defende saída de Gasly para que Red Bull “some mais pontos”

Max Verstappen lamenta por Pierre Gasly, agora demitido da Red Bull, mas entende a decisão da Red Bull. O holandês disse não se importar com quem ocupa a condição de companheiro, desde que traga os pontos necessários

Max Verstappen não tem críticas à decisão da Red Bull de trocar de piloto durante a temporada 2019 da Fórmula 1. O holandês, que perde a companhia de Pierre Gasly e passa a ter Alexander Albon do outro lado da garagem, acredita que a decisão faz sentido para uma escuderia que precisa pontuar mais.
 
Max ainda lamentou por Gasly, que volta para a Toro Rosso com efeito imediato, mas indicando que não se importa muito com quem é o companheiro de equipe.
 
“Claro, isso é uma pena para o Pierre, mas eu pessoalmente não me importo muito com quem é meu companheiro de equipe. O ponto é que a gente consiga andar melhor com o outro carro e aí some mais pontos para a equipe”, disse Verstappen em declaração ao ‘Telegraaf’.
Max Verstappen agora tem Alexander Albon como companheiro (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Gasly deixa a Red Bull após apenas um semestre, mas que se mostrou dos mais difíceis. O francês nunca pareceu se acostumar com a equipe nova, situação evidenciada pela pontuação – enquanto Verstappen chegava aos 188 e ficava em terceiro no Mundial, o reforço ficava em sexto com 63. Além de não conseguir pódios na passagem por Milton Keynes, Pierre passou pela situação chata de levar volta em provas que tinham Max lutando por vitória.

 
Albon chega com uma missão dupla. Além de ajudar a Red Bull na luta contra a Ferrari no Mundial de Construtores, o tailandês precisa provar que merece permanecer em 2020, tendo atualmente o próprio Gasly como principal adversário.

Paddockast #28
INTERROGANDO Flavio Gomes: O Boto do Reno

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube