Vettel aumenta crítica contra Pirelli e diz que “estaria fodido” se explosão de pneu tivesse acontecido na Eau Rouge

Sebastian Vettel segue revoltado com a Pirelli após a explosão de seu pneu traseiro direito no final do GP da Bélgica do domingo. O tetracampeão reclamou das desculpas da marca italiana e disse que por pouco não ficou "fodido"

Não é apenas que a opinião do diretor-esportivo da Pirelli não diminuiu a revolta de Sebastian Vettel por conta do estouro do pneu nos momentos finais do GP da Bélgica. Mais que isso: o tetracampeão ainda deu uma segunda declaração mais forte do que a primeira.
 
Em entrevista dada à rede de TV inglesa BBC, Vettel falou que estouros como o de hoje nunca podem acontecer e por pouco não parou no muro da perigosa Eau Rouge. Foi mais longe ainda ao falar que a Pirelli sempre tem uma desculpa, às vezes contrariando os pilotos. E reiterou: assim como Nico Rosberg na sexta-feira, não saiu da pista.
 
"Coisas como esta não podem acontecer. Se fosse 200 metros antes, eu não estaria aqui, mas no muro da Eau Rouge. Não sei o que precisa mais acontecer. É um tema que ninguém nunca fala nada, mas é inaceitável", disse.
Sebastian Vettel no octógono com a Pirelli (Foto: AP)
"E qual foi a resposta deles (para o caso de Rosberg)? É a mesma toda vez: 'ah, foi um corte, um detrito, deve ter algo errado com a construção, o piloto saiu da pista… se Nico disse que não saiu da pista, então ele não saiu. Por que é que ele mentiria para a gente?", questionou.
 
"O mesmo aconteceu comigo: eu não saí da pista, e do nada o pneu explodiu. Se tivesse acontecido antes, eu estava fodido", terminou, claramente possesso.
 
Mais cedo, Paul Hembery havia dito que se tratou do fim da vida útil dos pneus, já que a Ferrari escolheu fazer apenas uma parada nos boxes no que era uma corrida para ao menos duas. O diretor falou que é o tipo de coisa que acontece "com qualquer pneu do mundo".
 
Parece óbvio que não é o tipo de resposta que Vettel deseja ouvir.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube