Vettel chega em sétimo e defende estratégia na Espanha: “Não tinha nada a perder”

A estratégia da Ferrari para o piloto alemão contou com quase 40 voltas de pneus macios, e o resultado veio. Mas Sebastian Vettel lembrou: “Há muito trabalho a fazer”

Sebastian Vettel, nas voltas finais do GP da Espanha, vencido por Lewis Hamilton neste domingo (16), disse via rádio à Ferrari: “Absolutamente nada está sobrando neste pneu”. A estratégia da equipe para o alemão foi arriscada, afinal, foi um stint de quase 40 voltas com um jogo de compostos macios já usados.

Mas o resultado veio com a sétima colocação, alcançada pelo alemão de 33 anos depois de dias difíceis vividos na rodada dupla do GP da Inglaterra. Muito além que os 6 pontos somados, o resultado e a forma como Vettel se portou na pista, arriscando tudo com apenas um pit-stop na prova, lhe rendeu o prêmio de Piloto do Dia em votação dos fãs da Fórmula 1.

E a estratégia da equipe vermelha foi simples. “Não tínhamos nada a perder. As últimas cinco voltas foram muito difíceis. Corremos esse risco, deu certo, mas não era o plano antes da corrida fazer 40 voltas com pneus macios”, afirmou o tetracampeão, que largou com compostos médios em 11º lugar.

Depois de dias difíceis na Inglaterra, Vettel somou seis pontos com a sétima colocação (Foto: Ferrari)

Vettel teve seu chassi trocado pela Ferrari para esta etapa, e a expectativa, tanto do piloto como da equipe, era de um desempenho melhor do que se vira até então.

Mas o piloto ainda não está satisfeito com o seu rendimento e o do carro, mesmo com o resultado conquistado em Barcelona. “Algumas sessões foram muito ruins, ainda há algum trabalho a fazer da minha parte”, lembrou.

A próxima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1 acontece daqui duas semanas com o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar