Vettel evita tom derrotista, mas admite que “não precisa ser um gênio” para enxergar situação no Mundial

Sebastian Vettel falou em contar os pontos apenas no fim do ano, mas reconheceu que não precisa ser um gênio para entender sua situação no campeonato após o abandono no GP do Japão

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Sebastian Vettel sabe que tem um caminho bastante difícil até o título de 2017 da F1. Após o abandono no GP do Japão, o germânico viu Lewis Hamilton abrir 59 pontos de vantagem na liderança do campeonato.
 
As últimas etapas, aliás, foram especialmente custosas para o piloto da Ferrari. Vettel teve uma batida em Singapura, problemas de confiabilidade na Malásia e voltou a abandonar no Japão. Assim, Hamilton terá sua primeira chance de assegurar o título já em Austin, na próxima etapa.
Sebastian Vettel sabe que a vida está bem dura na F1 (Foto: AFP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Ciente do que vem pela frente, Vettel voltou a ressaltar que tem um bom carro nas mãos, mas avaliou que agora é hora de descansar.
 
“Não preciso ser um gênio ou um matemático”, disparou Vettel. “O que temos de fazer é o que eu disse para os rapazes. Vamos voltar e descansar, já que foram semanas muito, muito duras, com muitas mudanças, e os mecânicos estão cansados, acho que o time está cansado, então é bom descansar”, seguiu.
 
“Nós sabemos que temos o pacote para ir bem nas últimas quatro corridas, então é nisso que vamos focar. O resto, vamos ver”, declarou.
 
Questionado se perdeu o título em Suzuka, Vettel respondeu: “Não sei. Você pega a calculadora e soma os pontos no fim do ano para ver quantos você tem e aí olha para trás. Mas, com certeza, não terminar a corrida não ajudou”.

#GALERIA(7207)
 
HÁ ESPERANÇA?

MESMO COM RESULTADO RUIM, VETTEL GANHA FORÇA NA MALÁSIA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube