F1

Vettel minimiza melhor tempo da sexta-feira no Bahrein e diz que “não está totalmente feliz” com carro

Sebastian Vettel saiu do circuito de Sakhir com a melhor volta do primeiro dia de atividades da F1. O piloto alemão avaliou que a Ferrari se apresentou melhor que na Austrália, mas ainda falta encontrar ritmo e ajustar o carro a seu gosto

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
Apesar do domínio mostrado pela Ferrari nos dois primeiros treinos livres para o GP do Bahrein, nesta sexta-feira (29), Sebastian Vettel ainda não está tão satisfeito com o carro. Numa pista que favorece mais o carro vermelho que a da Austrália, espera ter no sábado a mesma sensação que teve durante os testes coletivos de pré-temporada em Barcelona.
 
Vettel terminou o TL1 na segunda colocação, atrás do companheiro Charles Leclerc, mas ponteou o TL2 com a volta mais rápida do dia. Bom, mas nada que seja digno de grandes celebrações fora da curva. O tetracampeão recordou ainda que as estratégias das equipes sempre são distintas em treinos livres.
 
"Certamente hoje foi um dia melhor para a gente no geral, mas ainda acho que precisamos melhorar o ritmo amanhã. Esperamos estar em melhor forma amanhã, muito mais próximos do que em Melbourne, e hoje o resultado foi bom. Provavelmente estávamos numa estratégia diferente a outros times, então não coloco muita atenção nisso", afirmou.
Sebastian Vettel (Foto: Beto Issa)
"Para amanhã ainda precisamos melhorar, especialmente uma vez que a Mercedes parece rápida. Tentamos tudo na Austrália, mas chegando aqui nós sabíamos que algumas coisas não estavam certas lá. Estamos recomeçando de um lugar melhor, mas ainda sinto que o carro tem mais potencial a ser liberado para amanhã", seguiu.
 
O piloto ainda avaliou que sentiu mais aderência à pista e confiança na parte traseira do bólido. 
 
"Foi menos irregular [no Bahrein], mas é algo que vem com a pista. Confiei mais na traseira também, que foi nosso tendão de Aquiles na Austrália", falou.
 
"[A pré-temporada de] Barcelona foi boa para a equipe, mas hoje foi certamente melhor que na Austrália. A pista é diferente. Ainda precisamos encontrar algo, não estou totalmente feliz, ainda não tenho a sensação que quero ter", finalizou.
 
O GP do Bahrein acontece neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades EM TEMPO REAL