Vettel revela que até pensa em fazer autocrítica sobre 2018, mas prefere esperar: “Não faz sentido agora”

Sebastian Vettel prometeu refletir sobre os erros e acertos cometidos ao longo da temporada. No momento, contudo, o alemão ainda está focado no desfecho do campeonato e nas mínimas chances que ainda tem de faturar o penta

Autocrítica, uma palavra tão usada nos últimos tempos, também faz parte dos pensamentos de Sebastian Vettel. O tetracampeão mundial de F1 fez uma primeira metade de temporada 2018 com poucos erros e liderou o campeonato até vencer o GP da Inglaterra. Mas na corrida seguinte, justamente em casa, na Alemanha, o piloto da Ferrari iniciou uma série de revezes e permitiu ao rival, Lewis Hamilton, ficar a apenas oito pontos de conquistar o penta neste fim de semana de GP dos Estados Unidos.
 
Entre os acertos e erros, Vettel foi naturalmente elogiado, mas recentemente sofreu com as duras críticas da apaixonada imprensa italiana. A ponto de o próprio Hamilton partir em sua defesa e pedir “mais respeito”. 
 
Perguntado pelo GRANDE PRÊMIO durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (18) no Circuito das Américas, se já havia parado para refletir sobre a temporada em si, o alemão deixou claro: prefere esperar o momento certo.
Sebastian Vettel vai deixar para fazer sua autocrítica depois do fim da temporada (Foto: Ferrari)

“Não. Quer dizer, eu penso sobre isso. Mas, neste momento, o meu foco está nas corridas que restam. Acho que ainda não é o momento de se fazer isso”, opinou o piloto, que entende que a autocrítica virá no tempo certo.

 
“Obviamente, não é fácil refletir tanto, mas acho que não faz sentido agora começar a pensar sobre o que aconteceu”, acrescentou.
 
Em que pese o fato de o GP da Alemanha e o erro cometido quando caminhava para uma vitória certa em Hockenheim ter sido claramente um ponto de virada no campeonato, Vettel prefere não enxergar desta forma.
 
“Não, não acredito nisso. Temos feito o melhor para tentar vencer. É claro que nem sempre deu certo. Ainda temos quatro corridas pela frente e estou ansioso por elas”, complementou Seb, que precisa vencer ou terminar em segundo lugar, independente do resultado de Hamilton, para esticar a briga pelo título pelo menos até o próximo GP, semana que vem, no México.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP dos Estados Unidos de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.

E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube