Vettel se diz angustiado por Schumacher e reafirma que reza por “milagre” para ter amigo de volta

O tetracampeão Sebastian Vettel voltou a falar sobre o acidente do compatriota Michael Schumacher e afirmou que reza por “milagre” para ver o ídolo e amigo recuperado

O tetracampeão Sebastian Vettel falou, nesta terça-feira (28), em Jerez, sobre o acidente do seu compatriota Michael Schumacher. Vettel mostrou certa agonia e afirmou que reza por um milagre para ver o piloto de 45 anos de volta à vida normal.
 
“Ainda não sabemos como ele vai estar quando acordar. Eu rezo e espero que ele volte. E que o milagre aconteça: ele volte a ser pessoa que era antes”, afirmou o piloto da Red Bull.
 
O alemão de 26 anos comentou o drama da família e de amigos próximos e a ânsia por novidades que toma conta de quem ronda Schumacher.
 
“É horrível, especialmente para os familiares dele e para os amigos mais próximos, não saber o que vai acontecer”, disse Vettel.

Sebastian Vettel afirmou que reza por um milagre para ver Schumacher de volta (Foto: Getty Images)

Vettel falou também sobre a proximidade entre ele e Schumacher e, como a idolatria que tinha quando era mais jovem, acabou se tornando uma grande amizade.
 
“Eu o conheço há muito tempo. A minha vida toda eu me inspirei nele e, depois que ele voltou para a F1, nos tornamos mais próximos. Ele virou um amigo, nos falávamos regularmente”, explicou o tetracampeão.
 
Por fim, Vettel comentou a influência negativa da cobertura da imprensa na recuperação do ídolo alemão.
 
“Tanta gente do lado de fora, tanta pressão. Para a família e para o hospital isto foi péssimo no início. Agora está mais calmo, analisando a presença da mídia”, falou Vettel.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube