Vettel segue tradição e escolhe Loria como nome da nova Ferrari para buscar penta da F1 em 2018

A nova dama Ferrari SF71H já tem nome escolhido por Sebastian Vettel. Seguindo uma tradição que vem desde 2008, o tetracampeão batizou seu carro com nome feminino. O desta vez também tem origem italiana: Loria, que vai suceder Gina, alcunha que o alemão deu à Ferrari guiada na temporada passada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Às vésperas do GP da Austrália, prova que abre a temporada 2018 do Mundial de F1, Sebastian Vettel definiu o nome da dama que vai conduzir em busca do pentacampeonato. Em substituição a Gina, com a qual teve grandes momentos, mas também muitos azares em 2017, o alemão escolheu Loria para batizar a nova Ferrari SF71H #5 que vai acelerar a partir deste fim de semana em Melbourne.

 
Assim, Vettel dá sequência a uma tradição bastante peculiar na F1, que já dura exatos dez anos. Em 2008, sua primeira temporada pela Toro Rosso, Vettel deu o nome ao STR3 de 'Julie'. E foi com Julie que Seb venceu, de forma brilhante, sua primeira corrida, o GP da Itália, no mítico circuito de Monza.
É com a nova Loria que Sebastian Vettel pretende buscar o penta da F1 em 2018 (Foto: Twitter/Sky Sports)
Na temporada seguinte, já na Red Bull, o RB5 se fez 'Kate' e, com uma atualização da versão daquele carro, veio a 'Irmã Safada de Kate' ('Kate Dirty Sister'). Em 2010, Vettel ganhou o primeiro título guiando a 'Luscious Liz' (a 'Liz Gostosa'), que virou 'Randy Mandy' ('Randy Fogosa') ao longo da temporada.
 
Os três campeonatos seguintes, todos vencidos pelo alemão, tiveram 'Kinky Kylie' (a 'Safada' de 2011), 'Abbey' (como homenagem aos Beatles em 2012) e 'Hungry Heidi' (a 'Faminta' de 2013). No último ano de Red Bull, a 'Suzie' esteve nas pistas. Depois de Eva, Margherita e Gina, Loria é a quarta dama de Vettel na Ferrari.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

E Seb não vê a hora de levar a nova dama Loria às glórias da F1 em 2018. “Estou ansioso para começar a temporada, em colocar o carro lá e pilotar. Temos todos os motivos para confiar desde já que nosso carro é incrível. Temos uma grande equipe e viemos à Austrália preparados. Ainda que gostaríamos de ter mais testes durante o inverno e que faltem muitas coisas a implantar”, explicou.

 
“Claro que você não sabe o que os outros fizeram até agora, mas na Austrália normalmente nós vamos bem. Vencemos aqui no ano passado, quase chegamos lá em 2016 e subimos ao pódio em 2015”, finalizou, listando o histórico favorável duas suas agora ex-meninas no circuito de Albert Park.

#GALERIA(8333)

 
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube