VÍDEO: Mercedes usa polêmico DAS em treino livre 1 do GP da Áustria

A Mercedes foi a grande protagonista do TL1 do GP da Áustria. Lewis Hamilton liderou, seguido por Valtteri Bottas. Os dois pilotos usaram o DAS, sistema de direção de eixo duplo, dispositivo que tem sido questionado pela Red Bull mesmo sendo aprovado pela FIA

O aguardado primeiro treino livre da temporada 2020 do Mundial de Fórmula 1 teve a Mercedes como grande protagonista. Não somente pela dobradinha nesta manhã de sexta-feira (3) no Red Bull Ring, com Lewis Hamilton na frente e Valtteri Bottas em segundo no TL1 do GP da Áustria, mas também porque os dois pilotos fizeram uso do polêmico DAS.

O DAS — Direção de Eixo Duplo — Dual Axis Steering, na sigla em inglês, permite mudanças na configuração do volante e cambagem do carro. Com o DAS, os pilotos puxam e empurram o volante, em vez de apenas virar para um lado e outro. É assim que controlam o posicionamento da suspensão e, por tabela, dos pneus e sua área de contato com o asfalto.

Lewis Hamilton usou o DAS nesta manhã no Red Bull Ring (Foto: AFP)

Em suma, puxar para a frente faz a barra de direção puxar também o sistema de suspensão do carro, alterando a cambagem. Empurrando-o para trás, o efeito oposto.

O sistema desenvolvido pela Mercedes provocou debate no paddock da Fórmula 1 desde que foi revelado, nos testes de pré-temporada, realizados em fevereiro em Barcelona. A FIA (Federação Internacional de Automobilismo), depois de analisar os detalhes do DAS, liberou o funcionamento do dispositivo neste ano, mas o baniu para a próxima temporada.

Valtteri Bottas aciona o DAS no TL1 do GP da Áustria (Vídeo: Reprodução/F1)

Ciente de que, mesmo com a aprovação da FIA, Christian Horner, chefe da Red Bull, disse que vai entrar em contato com a entidade para “pedir esclarecimentos” sobre o sistema. Mas Toto Wolff, em entrevista nesta sexta-feira na Áustria, se disse tranquilo.

“Houve muitas conversas com a FIA a respeito, e essa é a razão pela qual temos [o DAS] no carro, então vamos todos apresentar nossos argumentos. Vamos ver”, comentou o austríaco.

“É a primeira corrida e, por um lado, é justo buscar esclarecimentos, mas, por outro, sabemos que não queremos encerrar o domingo com um grande debate. Acho que Christian vai tomar as ações corretas. A controvérsia e o julgamento sobre uma inovação em engenharia sempre fizeram parte da F1, e é isso o que se espera de uma certa forma e faz parte do risco”, salientou.

“Respeito a posição do Christian. E esclarecimento é sempre bom”, finalizou o dirigente.

A Mercedes sobrou nesta manhã. Hamilton marcou 1min04s816 na melhor de 42 voltas completadas, enquanto Bottas ficou 0s356 atrás do companheiro de equipe. Terceiro colocado, Max Verstappen, vencedor na Áustria nos dois últimos anos com a Red Bull, foi o terceiro, mas ficou 0s602 atrás do líder.

O segundo treino livre no Red Bull Ring acontece logo mais, às 10h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO transmite em tempo real todas as atividades do fim de semana do GP da Áustria de F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube